domingo, 23 de junho de 2024
Economia
29/05/2024 | 11:01

Suape registra desembarque recorde de carros elétricos chineses

O Porto de Suape registrou mais um recorde no Hub de Veículo com o desembarque de 5.459 automóveis de modelos variados da BYD, gigante mundial chinesa na fabricação de automóveis, caminhões e ônibus movidos a baterias elétricas. O navio Explorer Nº 1 BYD, construído pela própria empresa, atracou em Suape na segunda-feira (27) para realizar, no Cais 5, uma megaoperação de 48 horas que envolveu dezenas de trabalhadores. Essa é a maior operação de veículos importados já registrada na história do atracadouro, que tem 45 anos de fundação e configura como o sexto porto público mais movimentado do país.

Os detalhes da megaoperação foram anunciados, na manhã desta terça-feira (28), durante entrevista coletiva no centro administrativo da estatal portuária, que contou com a participação de jornalistas de todo o país. O encontro foi conduzido pelo diretor-presidente do Porto de Suape, Marcio Guiot, e pelo gerente-sênior Supply Chain (cadeia de suprimentos) da BYD, Leonardo Felipe. Após uma breve apresentação do complexo e do Hub de Veículos, os profissionais da mídia acompanharam a operação de desembarque dos veículos elétricos e conheceram as instalações da embarcação, que tem capacidade para transportar 7 mil automóveis.

“A escolha do Porto de Suape como porta de entrada para os carros elétricos da BYD é mais um case de sucesso do nosso hub de veículos, que expande, gradativamente, seu raio de alcance. É uma operação gigante e contínua que vai se repetir nos próximos meses, representando um incremento muito positivo para Pernambuco e para o Nordeste”, pontua o diretor-presidente da estatal portuária, Marcio Guiot.

"Estamos felizes pelo Explore Nº 1 BYD chegar, pela primeira vez, em solo brasileiro, representando o nosso avanço no setor do transporte e nossa expansão em mercados estrangeiros. E o Porto de Suape é um local estratégico para desembarcarmos nossos carros híbridos e elétricos que seguirão para consumidores de todo o país”, Tyler Li, Presidente da BYD Brasil.

Essa é quarta operação da BYD no atracadouro pernambucano, sendo a primeira no modelo ro-ro (carga embarcada e desembarcada de um navio utilizando as suas próprias rodas, incluindo automóveis, caminhões, tratores e reboques, ou com o recurso a plataformas específicas munidas de rodas).  A primeira movimentação foi em 15 de abril, com 1.972 unidades. A segunda, em 1º de maio, com o desembarque de 695 veículos. A terceira ocorreu em 14 de maio, com 1.722 unidades.

Todos os modelos desembarcados no Terminal de Contêineres de Suape (Tecon) foram transportados da China até Suape em contêineres adaptados e em flat rack (equipamento usado para transporte ou armazenagem de cargas com excesso de altura e/ou largura), para que os automóveis chegassem ao porto pernambucano em perfeito estado.

Os automóveis permanecerão armazenados nos Pátios Públicos de Veículos de Suape até que a liberação e trâmites alfandegários sejam concluídos. Após essa etapa, os veículos seguem destino para concessionárias do Nordeste e de outras partes do país. “O incremento das operações do hub de veículos consolida a vocação logística de Suape, porto que se localiza num raio de 800 quilômetros de sete capitais da região (Recife, João Pessoa, Natal, Fortaleza, Maceió, Aracaju e Salvador)”, afirma o diretor de Desenvolvimento e Gestão Portuária de Suape, Rinaldo Lira.

O Hub de Veículos do Porto de Suape é o mais movimentado do Norte/Nordeste. Em 2023, registrou crescimento de 42% nas operações em relação ao ano anterior, totalizando 80.705 unidades, entre exportação, importação e transbordo. A estimativa para 2024 é bastante otimista e deverá ultrapassar a marca de 100 mil unidades.  Em 2022, a alta foi de 19% em relação a 2021, com a entrada/saída de 56.936 unidades.

RESULTADOS

A movimentação do Porto de Suape segue em alta. A estatal portuária registrou aumento de 3% no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. No total, contabilizou 6.006.942 toneladas de carga no primeiro trimestre de 2024. O destaque ficou para a operação de veículos (aumento de 34%, com 21.298 unidades). O número de atracações também foi positivo, com a atracação de 383 navios, o equivalente a um crescimento de 4,1%.


JORNAL IMPRESSO
21/06/2024
14/06/2024
07/06/2024
31/05/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS