domingo, 23 de junho de 2024
Polícia
21/05/2024 | 22:35

Polícia Civil deflagra operação Bad Vibes III contra exploração sexual de crianças e adolescentes

Nesta terça-feira (21/05), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática da Diretoria Estadual de Investigações Criminais, deflagrou a operação “Bad Vibes III”, voltada ao cumprimento de mandados de busca e apreensão, com o objetivo de repressão à exploração sexual de crianças e adolescentes na internet.
 
A ação faz parte de mobilização nacional coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (Secretaria Nacional de Segurança Pública), polícias civis do Brasil e agência norteamericana da Homeland Security Investigations.
 
Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão nos municípios de Mafra, Jaraguá do Sul e Palhoça, sendo que nos dois primeiros os investigados foram autuados em flagrante delito pelo armazenamento do conteúdo ilícito.
 
A operação contou com o apoio das equipes da Polícia Científica, que acompanharam o trabalho das buscas. Durante o cumprimento dos mandados, foram apreendidos equipamentos computacionais que serão encaminhados à perícia para análise.
 
A iniciativa foi coordenada pelo Laboratório de Operações Cibernéticas da Diretoria de Operações Integradas e de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), cujas investigações foram conduzidas pelas polícias judiciárias de 13 estados (Amazonas, Santa Catarina, Pará, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Piauí, Espírito Santo, Bahia, Paraná, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo e Rio Grande do Sul), resultando na expedição de 26 mandados de busca e apreensão e 1 mandado de prisão preventiva, com o escopo de apurar a prática dos delitos em um grupo de mensageria, onde eram comercializados e consumidos vídeos e fotografias com conteúdo de abuso sexual infantojuvenil, bem como em outras plataformas e dispositivos informáticos porventura encontrados.
 
A ação ocorre como desdobramento do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18/05), visando dar maior visibilidade a essa luta e promover conscientização dos perigos a que esse grupo vulnerável pode estar exposto.
 
Fonte: Polícia Civil

JORNAL IMPRESSO
21/06/2024
14/06/2024
07/06/2024
31/05/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS