terça, 18 de junho de 2024
Meio Ambiente
17/05/2024 | 20:11

Golfinho que estava encalhado em Itapema é transferido para Florianópolis para reabilitação

A Univali - Unidade Penha, executora do Trecho 4 do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), informa que no início desta tarde, a equipe da R3 Animal, também executora do projeto, realizou os procedimentos para a transferência do golfinho da espécie Stenella sp., encalhado vivo em Itapema (SC), para o Centro de Pesquisa, Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos (CePRAM/R3 Animal), em Florianópolis (SC).
 
O mamífero, um indivíduo juvenil de aproximadamente dois metros de comprimento, se manteve responsivo e estável durante todo o tempo em que esteve monitorado, porém está debilitado e magro. Um dos principais acompanhamentos realizados pela equipe veterinária para concluir o diagnóstico, foi o monitoramento da frequência cardíaca e respiratória do animal.
 
O aparecimento desta espécie na costa não é comum. O encalhe de animais marinhos em praia, na maioria das vezes, ocorre devido as condições de saúde, muitas vezes quando já estão debilitados.
 
Ressaltamos que os golfinhos são animais extremamente sensíveis, o atendimento exige cautela para que o animal não fique estressado e assim manter as condições de saúde favoráveis. As equipes são preparadas e treinadas para este tipo de ocorrência para garantir o bem-estar animal. 
 
A realização do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma exigência do licenciamento ambiental federal, conduzido pelo Ibama, para as atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na Bacia de Santos.
 
Fotos: Ingrid Ferreira Tomimitsu
 
Fonte: Univali
 
 

JORNAL IMPRESSO
14/06/2024
07/06/2024
31/05/2024
24/05/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS