terça, 18 de junho de 2024
Geral
08/05/2024 | 15:56

Município de Penha arrecada mais de 12 toneladas de donativos para o Rio Grande do Sul

Solidariedade é a palavra de ordem. O povo penhense mostrou mais uma vez a sua generosidade e arrecadou, em cinco dias, mais de 12 toneladas de donativos para o Rio Grande do Sul – atingido pelas fortes chuvas que causaram estragos em diversas cidades. Foram diversos itens como água potável, ração, roupas, cobertores e alimentos doados para a campanha da Prefeitura de Penha, por meio da Secretaria de Assistência Social e Departamento de Defesa Civil.
 
Após o prazo final da arrecadação, na noite desta terça-feira (7), diversos voluntários da cidade se reuniram para carregar o caminhão disponibilizado pela empresa Maersk. Em seguida, 11 funcionários da Prefeitura Municipal, voluntários do Grupo de Resgate e Ação de Salvamento Coordenado (GRASC) e da sociedade civil organizada viajaram rumo ao Rio Grande do Sul, mais precisamente na cidade de Igrejinha, fortemente atingida pelas chuvas.
 
“O povo de Penha deu um verdadeiro exemplo de solidariedade, empatia e amor ao próximo. Além de toda a doação, ainda tivemos muitos voluntários ajudando a carregar o caminhão e isso não tem preço. Agradeço a empresa do ramo náutico Ilha Mar que disponibilizou lancha e jet-ski para que a equipe possa trabalhar com segurança”, pontua o Prefeito de Penha, Aquiles da Costa.
 
A equipe já se encontrava na cidade de Osório na manhã desta quarta-feira (8).
 
 
 
CAMPANHA PARALELA E SITUAÇÃO NO ESTADO
 
Além disso, Penha também adere a campanha “SOS Rio Grande do Sul” feita pelo Governo do Estado, juntamente com os demais municípios da AMFRI. As doações nesta campanha são via pix através do CNPJ: 92.958.800/0001-38, com recursos integralmente revertidos para o apoio humanitário às vítimas das enchentes e para a reconstrução da infraestrutura das cidades.
 
No último relatório emitido pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul, mostram que 401 municípios foram afetados, quase 50 mil pessoas se encontram em abrigos, mais de 150 mil desalojados, além de 372 feridos, 131 desaparecidos e 95 óbitos.

JORNAL IMPRESSO
14/06/2024
07/06/2024
31/05/2024
24/05/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS