quarta, 24 de abril de 2024
Turismo
22/01/2024 | 17:26

Ocupação hoteleira em Balneário Camboriú, em 2023, registrou média de 64,87%

A hotelaria de Balneário Camboriú registrou média anual de 64,87%, em 2023, segundo dados do Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau. A diária média também teve um aumento positivo, no valor de R$ 350,25. A cidade consagra-se como um destinos turísticos mais procurados do Brasil, tendo o metro quadrado mais valorizado do país e renovando-se com atrativos diferenciados, além de ser um destaque cada vez maior no Turismo MICE (Meetings, Incentives, Conferences and Exhibitions).
Ocupação de 2023 reflete a sustentabilidade do turismo
A presidente do BC Convention e hoteleira, Andrezza Negrini, explica que a ocupação anual de 2023 ficou um pouco abaixo do número alcançado em 2022 (68,19%), sendo o segundo melhor índice desde 2017, quando o BC Convention iniciou a coleta mensal de dados (2022 - melhor média anual com 68,19%, seguido por 64,87% em 2023, 61,86% em 2018, 59,71% em 2017, 55,29% em 2019, 50,73% em 2021 e 37% em 2020). "Mas vejo que nós estamos tendo um momento de sustentabilidade do turismo, e estamos muito perto do que almejamos. Atingimos quase 65% de ocupação média/anual, lembrando que é uma soma dos 12 meses, com o melhor mês tendo sido janeiro, com 90,50% de ocupação e o menos movimentado maio, com 42,15%. O retorno econômico foi ótimo, e vemos que 64,87% de média é uma bela ocupação", analisa.
Impactos no fluxo turístico
Andrezza aponta que houve situações em 2023 que podem ter influenciado no fluxo turístico, como as situações climáticas que atingiram o Sul do país - e o público catarinense, gaúcho e paranaense costuma vir bastante para Balneário Camboriú. "Há também a situação da Argentina, que teve mudança na política - lembrando que desde 2018 sentimos que diminuiu o fluxo de turistas argentinos por conta da situação política e econômica que vivem", acrescenta. 
 
Turismo MICE auxilia a balancear a economia
Um contraponto positivo vem sendo o aumento de eventos que Balneário Camboriú vem recebendo, com os diversos espaços espalhados pela cidade e também o ExpocentroBC Júlio Tedesco (foram realizados no empreendimento 65 eventos, um aumento de aproximadamente 45% se comparado com 2022 - e para 2024 os números são ainda mais positivos, entre aqueles já confirmados e os em fase final de negociações, o espaço já está com 74 eventos). "Isso conseguiu balancear a nossa economia. Vale pontuar também que tivemos uma ascensão positiva na diária média dos meios de hospedagem de Balneário Camboriú. Sabemos que existe inflação, tivemos aumentos de custos em geral, mas a diária média ao menos conseguiu, em 2023, dar uma 'reagida', o que é muito positivo e era muito esperado pelos empresários", informa.
2024 com menos feriados, mas boas expectativas
Andrezza lembra que o calendário de 2024 traz menos feriados nacionais durante a semana - boa parte deles caem em finais de semana, limitando as folgas prolongadas que atraem turistas para Balneário e região. Apenas dois vão permitir emendar: Sexta-Feira Santa/Paixão de Cristo (29 de março, sexta-feira) e Proclamação da República (15 de novembro, sexta-feira). "E precisamos ser realistas, pois os feriados impactam muito em nosso movimento. Mesmo assim, temos ótimas expectativas para 2024, já que teremos mais eventos na cidade e pelo fato de que Balneário Camboriú está com muita evidência - e o BC Convention inicia em fevereiro o projeto Visite BC e Região Costa Verde & Mar, que divulgará Balneário e região em 27 cidades, tanto no Brasil quanto no exterior", completa.
Foto Rafael Mendes

JORNAL IMPRESSO
19/04/2024
12/04/2024
05/04/2024
29/03/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS