quarta, 24 de abril de 2024
Saúde
18/01/2024 | 17:26

Ampliação da rede de Saúde em Santa Catarina beneficia população com novos serviços habilitados

Foto: Marco Favero / SECOM
 
Em 2023, seguindo orientações do governador Jorginho Mello, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) implementou medidas visando fortalecer a rede de assistência hospitalar no estado e novos hospitais passaram a integrar o atendimento via Sistema Único de Saúde (SUS). No Meio-Oeste catarinense, os Hospitais São Lucas, de Tangará, e Salvatoriano Santa Maria, de Videira, já estão oferecendo serviços públicos à população. Assim como, o Hospital e Maternidade Imigrantes, de Brusque, que aumentou a oferta de serviços hospitalares no Vale do Itajaí. As instituições estão oferecendo atendimentos emergenciais, além de consultas, exames e cirurgias eletivas.
 
As parcerias estabelecidas com a SES resultaram em uma maior proximidade da assistência à saúde com a população. No Vale do Itajaí, o Hospital Imigrantes realiza cirurgias cardiovasculares pediátricas desde julho do ano passado, destacando-se pelo cateterismo cardíaco em crianças. A instituição também ampliou a oferta estadual de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), disponibilizando 41 leitos adicionais à população da região, sendo 21 pediátricos, 10 neonatais e 10 para adultos.
 
No Meio-Oeste, mais dois hospitais já estão de portas abertas ao público. Em Tangará, desde outubro, o Hospital São Lucas tem oferecido serviços de emergência e ambulatoriais. Além disso, a unidade realiza cirurgias de caráter eletivo em ortopedia e urologia.
 
O Hospital Salvatoriano Santa Maria, de Videira, tem realizado desde novembro consultas pré e pós cirúrgicas. Na unidade são realizadas cirurgias eletivas em neurologia, vias aéreas superiores, aparelho circulatório, digestivo e geniturinário, além de cirurgias no sistema osteomuscular.
 
Habilitações federais e conquistas importantes
 
A intensa articulação da Secretaria de Estado da Saúde também resultou em novas habilitações federais junto ao Ministério da Saúde (MS). Em novembro e dezembro de 2023, foram publicadas as portarias nº 1872 e 2.434, ampliando os serviços de Assistência de Alta Complexidade ao Indivíduo com Obesidade. Com as habilitações, os Hospitais Dom Joaquim, de Sombrio, e São Vicente de Paulo, de Mafra, estão aptos a receber recursos federais para a realização de cirurgias bariátricas. Ao total, as instituições irão receber anualmente mais de R$1,8 milhão por meio do Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (FAEC) para o Estado de Santa Catarina.
 
Outra conquista importante foi a habilitação na alta complexidade em neurologia e neurocirurgia pediátrica para o Hospital Infantil Seara do Bem, em Lages. Há seis anos a instituição aguardava a autorização. A partir de 2024, a unidade terá disponível anualmente R$ 753 mil em recursos provenientes do Bloco de Manutenção das Ações e Serviços Públicos de Saúde – Grupo de Atenção Especializada do Ministério da Saúde.
 
Fonte: Governo SC

JORNAL IMPRESSO
19/04/2024
12/04/2024
05/04/2024
29/03/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS