sábado, 25 de maio de 2024
Geral
05/01/2024 | 21:55

Santa Catarina tem recorde nacional de credenciados para impulsionamento de startups

Presidente da Fapesc, Fábio Pinto, em assinatura de acordos para o Tecnova 3 – Foto: Caroline Costa/Fapesc
 
A força do ecossistema de inovação em Santa Catarina se destacou, diante dos demais estados brasileiros, no processo de credenciamento de empresas interessadas em impulsionar startups catarinenses. Vinte escritórios de aceleração e internacionalização de startups estão aptos para oferecer serviços às empresas que serão fomentadas no Tecnova 3. Com o resultado, Santa Catarina ficou em primeiro lugar, na frente de estados como São Paulo, Espírito Santo e Rio Grande do Sul, que também são protagonistas em Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil.
 
O credenciamento foi realizado pelas Fundações de Amparo à Pesquisa (Faps) dos respectivos estados. Em Santa Catarina, o trabalho foi liderado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação (Fapesc). O edital do Tecnova, que será lançado no primeiro semestre de 2024, prevê um total de recursos superior a R$ 30 milhões. Pela primeira vez, o Tecnova terá recursos exclusivos para o impulsionamento dos projetos participantes. 
 
Cada empresa selecionada no Tecnova 3 receberá até R$ 400 mil como subvenção econômica principal. Além disso, a startup terá à disposição até R$ 75 mil para aceleração e até R$ 27 mil para internacionalização, somando um total de até R$ 502 mil por projeto contratado. A contratação da aceleração ou internacionalização é opcional.
 
No edital 10/2023, de credenciamento para aceleração, foram classificadas empresas de Blumenau (1), Criciúma (1), Palhoça (1) e Florianópolis (10). Somente empresas com sede em Santa Catarina poderiam submeter propostas. Já o edital 11/2023, de credenciamento para internacionalização, foi aberto para escritórios de todo o país. Foram aprovados escritórios de Blumenau (1), Palhoça (1), Santo Amaro da Imperatriz (1) e Florianópolis (3), além de Brasília (1), Curitiba (1), Porto Alegre (1) e Ivoti (1).
 
Conforme o presidente da Fapesc, Fábio Pinto, o apoio do Governo de Santa Catarina e de parceiros estratégicos será fundamental para o sucesso do projeto. “Nós estamos na iminência do lançamento do edital do Tecnova 3 e, nesta edição, nós vamos oferecer fomento para o treinamento das empresas. E esse treinamento será feito por empresas que se credenciaram previamente à Fapesc. Um voltado à aceleração, ou seja, como eu aumento a eficiência da empresa, e o segundo, voltado à internacionalização, ou seja, como eu posso olhar outros mercados”, disse o presidente.
 
O Tecnova 3 é uma realização do Governo do Estado, por meio da Fapesc, em parceria com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). Os termos de parceria entre Fapesc e Finep foram assinados em dezembro, no Ágora Teck Park, em Joinville.
 
Mais de 80 projetos já dão frutos
 
O programa apoia o desenvolvimento de produtos, serviços e processos inovadores de empresas catarinenses. Nas duas edições anteriores, mais de 80 projetos foram aprovados, resultando em pelo menos 12 marcas registradas, nove novas tecnologias, cinco softwares desenvolvidos e quatro pedidos de patente. Somando o Tecnova 1 e 2, foram destinados mais de R$ 30 milhões em fomento.  
 
CONFIRA OS CREDENCIADOS
 
Aceleração, por ordem alfabética
 
Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE/MIDITEC) – Florianópolis (SC)
Black T-Shirt Consultoria – Florianópolis (SC)
Bridge Consultoria Empresarial – Florianópolis (SC)
Father Assessoria e Comércio Internacional – Blumenau (SC)
Founders Club Educação – Criciúma (SC)
Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (Certi) – Florianópolis (SC)
Impact Hub Floripa – Florianópolis (SC)
INOMAPI – Florianópolis (SC)
Instituto de Apoio à Inovação, Incubação e Tecnologia (INAITEC) – Palhoça (SC)
Links Serviços – Florianópolis (SC)
Moa Ventures Partners – Florianópolis (SC)
Semente Consultoria em Negócios e Finanças – Florianópolis (SC)
TXM Methods – Florianópolis (SC)
Internacionalização, por ordem alfabética
 
Agência de Promoção de Exportações do Brasil (ApexBrasil) – Brasília (DF)
B2B Assessoria Empresarial – Santo Amaro da Imperatriz (SC)
Beglobal Consultoria e Assessoria – Florianópolis (SC)
Exteriorize Consultoria em Comércio Exterior – Ivoti (RS)
Father Assessoria e Comércio Internacional – Blumenau (SC)
Instituto de Apoio à Inovação, Incubação e Tecnologia (INAITEC) – Palhoça (SC)
Links Serviços – Florianópolis (SC)
Roedel Relações Internacionais e Comunicação – Porto Alegre (RS)
Silva Schutz Advogados Associados – Florianópolis (SC)
UGlobally BV Treinamento – Curitiba (PR)
COMPARATIVO NACIONAL
 
Aceleração
 
Santa Catarina – 13
São Paulo – 12
Espírito Santo – 11
Amazonas – 10
Paraná e Mato Grosso do Sul – 9 cada
Rio Grande do Sul – 6
Mato Grosso – 5
Alagoas – 2
Internacionalização
 
Santa Catarina – 10
Amazonas e Rio Grande do Sul – 3 cada
Espírito Santo, Alagoas, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul – 2 cada
São Paulo e Paraná – 1 cada
 
Fonte: Governo SC

JORNAL IMPRESSO
24/05/2024
17/05/2024
10/05/2024
03/05/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS