sexta, 23 de fevereiro de 2024
Geral
09/11/2023 | 19:55

Portal Gestão de Desastres de Itajaí será apresentado na COP28, em Dubai

O portal Gestão de Desastres, desenvolvido pela Secretaria de Tecnologia de Itajaí (Setec) durante o último período de alagamentos e inundações na cidade, será um dos cases de sucesso apresentados na 28ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP28), que ocorrerá em Dubai, de 30 de novembro a 12 de dezembro. A ferramenta de georeferenciamento (clique aqui e confira) apresenta as ocorrências e ações realizadas pelo Município para minimizar o impacto do fenômeno climático.
 
O case de Itajaí será apresentado na COP28 pela empresa Codex, que é representante das soluções ESRI no Brasil e desenvolve as ferramentas do Arcgis, sistema utilizado no projeto GeoItajaí e para o portal Gestão de Desastres.
 
“Estamos desenvolvendo novas ferramentas para aprimorar ainda mais as funções de orientação e gestão de crise em possíveis desastres. Utilizamos a tecnologia em prol da população e, desta maneira, temos em mãos uma grande aliada que nos possibilita agir com precisão”, ressalta o secretário municipal de Tecnologia, Murilo Sodré.
 
Ferramentas para monitoramento e gestão de desastres naturais
 
Desenvolvido através do software de geolocalização Arcgis, o portal possui o registro detalhado de alagamentos e deslizamentos. Além disso, há também informações que foram coletadas pela população e pela Defesa Civil de Itajaí e publicadas no aplicativo Conecta.Í, que permitiram a tomada de decisões de maneira rápida e eficaz, direcionando intervenções imediatas, com base nas áreas afetadas e nos níveis de urgência.
 
O site concentra ainda informações de ocorrências compartilhadas entre diversos órgãos, como Defesa Civil, Bombeiros e Guarda Municipal. Entre elas estão: resgate de pessoas e animais, deslizamento de terra, desabamento, deslocamento para abrigo, queda de poste, etc.
 
O portal também conta com informações sobre abrigos para pessoas e animais abertos no município no período de chuvas. Outro serviço disponível é o monitoramento dos rios, através de gráficos com os dados dos níveis dos rios Itajaí-Açu e Itajaí-Mirim dos municípios de Blumenau, Brusque, Rio do Sul e Itajaí.
 
Com o mapeamento e localização exata das ruas da cidade atingidas pelas inundações, a ferramenta possibilitou a organização de mutirões de limpeza na fase pós-impacto, por parte da Secretaria Municipal de Obras. A ação remove detritos e lama, e contribui na recuperação da cidade.
 
Fonte: Secom Itajaí

JORNAL IMPRESSO
23/02/2024
16/02/2024
09/02/2024
02/02/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS