quarta, 28 de fevereiro de 2024
Cultura
08/11/2023 | 19:01

Karma Coletivo estreia espetáculo de dança em 11 e 12 de novembro na Itajaí Criativa

‘Sou ave que carrega coisas que tem brilho para o seu ninho’ estreia em 11 e 12 de novembro (sábado e domingo) na Itajaí Criativa - residência artística. O espetáculo é uma dança-rito pela presença, uma conversa cênica entre os territórios da dança e das artes visuais, entre os artistas Mauro Filho, membro fundador da Karma Coletivo, e Mauro Caelum (1958-2016), artista visual e poeta itajaiense. Produzido pela Karma Coletivo, a apresentação será viabilizada de forma gratuita em quatro sessões, duas no sábado e duas no domingo, nos horários das 18h e 20h, para pessoas com 14 anos ou mais. Os interessados poderão retirar os ingressos gratuitos com 1h de antecedência no local do evento. 
 
Entre movimentos, pedras, histórias e relações, o universo do pai e filho se cruzam, convidando a uma reflexão sobre presença e ausência. Essa relação que se estabelece é uma tentativa de manter presente o corpo do pai através do corpo do filho-performer, evidenciando tensões entre o uso da palavra e do corpo, através da escrita, da escultura e da performance. Outros temas em destaque no espetáculo são o sagrado, a carne, o tempo, a vida e a morte.
 
 “O trabalho vem dar continuidade a uma pesquisa que venho desenvolvendo desde 2018, em pensar as relações entre meus trabalhos nas artes da cena com o acervo e a obra do meu pai nas artes visuais. Feliz em concluir mais uma etapa dessa pesquisa e poder compartilhar com o público”, completa Mauro Filho.
 
‘Sou ave que carrega coisas que tem brilho para o seu ninho’ é um projeto aprovado pelo edital da Lei de Incentivo à Cultura, da Fundação Cultural de Itajaí e Prefeitura de Itajaí, com renúncia fiscal da APM Terminals e Brasfrigo. 
 
 
Ficha técnica:
 
Pesquisa e performance: Mauro Filho
 
Direção: Lídia Abreu
 
Interlocução coreográfica: Sandra Meyer
 
Elementos cênicos: obras do acervo de Mauro Caelum
 
Captação e edição de vídeo: Lídia Abreu e Leandro Cardoso
 
Ambientação sonora e desenho de luz: Hedra Rockenbach
 
Figurino: Leandro Cardoso
 
Costuras: Luiza Helena Vargas
 
Textos: Mauro Filho e Mauro Caelum
 
Voz em off: Mauro Filho
 
Fotografias de divulgação: Sarah Uriarte
 
Fotografias de cena: Cristiano Prim
 
Identidade visual: Daniel Olivetto
 
Operação técnica: Leandro Cardoso e Lídia Abreu
 
Assessoria de imprensa e produção executiva: Camila Gonçalves
 
Apoio: Itajaí Criativa Residência Artística
 
Produção: Karma Coletivo de Artes Cênicas
 
Agradecimentos: Denise da Luz, Kim Coimbra, Malu Rabelo, Sandra Sestrem e Sarah Uriarte.
 
 
Sobre Mauro Caelum:
 
Mauro Sergio Santos (1958-2016), Mauro Caelum, foi um artista visual e poeta itajaiense. Por quase 30 anos, dedicou-se à pesquisa e produção de arte em Itajaí, trabalhando com pintura, escultura e instalação. Também se dedicou à poesia, criando um trabalho híbrido na junção da visualidade com suas palavras. Faleceu em 27 de setembro de 2016, aos 57 anos. A obra de Caelum é revisitada constantemente por outros artistas das mais diversas linguagens em Itajaí.
 
 
 
Sobre Mauro Filho:
 
Mauro Filho é membro fundador da Karma Coletivo onde atua em diversas funções. Seu trabalho estabelece relações nas interseções das linguagens da dança, teatro e performance atuando como intérprete e diretor. Junto da Karma Coletivo produz e coordena o Conexões Contemporâneas, evento de formação para artistas da cena. No coletivo atuou em "Em Respeito à Dor" (2014), "Berlim: dois corpos à procura" (2015), "CaÊ" (2018), "Dois ao Cubo" (2018) e assina a direção dos trabalhos "Proibido Acesso" e "Dentre". Mauro é graduado em comunicação social e licenciado em artes visuais.

JORNAL IMPRESSO
23/02/2024
16/02/2024
09/02/2024
02/02/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS