sexta, 01 de dezembro de 2023
Política
03/07/2023 | 15:23

Kleinübing: Retorno 20 anos depois, agora como presidente do BRDE

POR PRISCO PARAÍSO

João Paulo Kleinübing foi eleito prefeito de Blumenau pela primeira vez em 2004. Tinha pouco mais de 30 anos. Ex-prefeito da terceira maior cidade catarinense por dois mandatos, ele poderá voltar, caso vença a eleição de 2024. Teriam se passado 20 anos.
Interlocutores do atual presidente do BRDE percebem que o mestrado que ele fez entre 2021 e 2022 em Oxford, na Inglaterra, além de representar um amadurecimento pessoal também sinaliza para mais preparo para a vida pública diante do estofo acadêmico adquirido por Kleinübing no exterior.
Tanto para exercer as funções atuais no banco de fomento do Sul como para disputar novamente o paço blumenauense. Pelo quadro que se desenha, JPK pode ser candidato pelo PL de Jorginho Mello, com apoio do atual alcaide, Mário Hildebrandt, ainda alistado no Podemos. O prefeito está de malas prontas para o PP e indicaria um vice filiado ao partido liderado em Santa Catarina pelo senador Esperidião Amin.

Respaldos fortes

Além de Jorginho Mello, Esperidião Amin e Mário Hildebrandt, João Paulo teria, também, o apoio do deputado do PSD Napoleão Bernardes. O hoje parlamentar estadual foi quem o sucedeu na prefeitura de Blumenau, assim como o próprio JPK sucedeu o petista Décio Lima.

Laços históricos

Esperidião Amin foi grande amigo do falecido pai de João Paulo, Vilson Pedro Kleinübing. Depois da partida precoce do ex-governador, o senador trata JPK como um filho.

Projeção

O presidente do BRDE está muito animado com esta perspectiva eleitoral. Demonstra fidelidade e lealdade a Jorginho Mello. Embora sinalize total disposição para tentar voltar à prefeitura de Blumenau nos bastidores, JPK não quer tratar desse assunto agora.

Foco

Ele está 100% empenhado, envolvido e comprometido com a presidência do BRDE, onde pretende deixar um legado, implementando grande integração. Em sua visão, o banco de fomento pode deixar de ser apenas um emprestador de dinheiro.

Vocação

Obviamente que esse viés é fundamental e é a vocação natural do BRDE, pois potencializa as economias dos três estados do Sul, bem como a de Mato Grosso do Sul.

Metas

O blumenauense quer, contudo, abrir novas frentes pilotando o BRDE. A experiência acadêmica em Oxford vai ajudar nesses desafios.

Parcerias

João Paulo Kleinübing quer transformar o BRDE no estimulador de Parcerias Público-Privadas, as famosas PPP’s. O objetivo é que a instituição bancária possa pilotar as PPP’s nos três estados do Sul e no MS.

Tripé

O blumenauense já conversou sobre isso com os três governadores do Sul (Jorginho Mello, Ratinho Junior e Eduardo Leite).

Século 21

Outra frente de atuação vislumbrada por JPK à frente do BRDE é justamente a economia verde. O gestor deseja efetivamente apostar nesse segmento, olhando com muito carinho o mercado de carbono. O futuro, para ele, passa por aí.

Summit

Durante a realização da segunda edição do Summit Cidades 2023, no Centrosul, em Florianópolis, o gerente de Operações em Santa Catarina do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Júlio Gustavo Pontes de Oliveira, ministrou palestra sobre “Produtos financeiros para investimentos do setor público”, no espaço Fepese Experience. O evento promove debates sobre inovações nas parcerias entre o poder público e privado, com participação de mais de 200 municípios de todas as regiões do país.


JORNAL IMPRESSO
24/11/2023
17/11/2023
10/11/2023
03/11/2023

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS