quarta, 17 de abril de 2024
Esportes
02/04/2023 | 11:01

Equipe Malizia vence a maior etapa da história da The Ocean Race e chega em Itajaí

A madrugada do domingo (02) foi emocionante para os itajaienses que aguardavam a chegada dos velejadores da The Ocean Race em Itajaí. Por volta das 3h, a equipe Malizia (ALE) aportou no píer e foi recebida com uma calorosa recepção, com muitos aplausos e alegria. A premiação contou com apresentação da banda Tom Peixeiro.
 
O time Malizia é comandado pelo capitão Boris Herrmann. Sua tripulação é composta pelos velejadores Will Harris, Nicolas Lunven, Axelle Pillain e o repórter a bordo Antoine Auriol. Boris destacou o quão incrível foi chegar em Itajaí e receber o carinho da população. “A corrida é desafiante todos os dias e, além disso tivemos um problema no mastro no início e precisamos planejar muito bem como sair porque foi preciso dar a volta e arrumar e, depois disso tudo, conseguir ganhar esta etapa, é fabuloso”, ressalta o capitão da equipe vencedora desta perna.
 
"Essa, sem dúvida, é uma etapa que ficará para a história da The Ocean Race. A disputa da entre a Cidade do Cabo e Itajaí foi grande até o último momento, o que tornou a chegada ainda mais emocionante", destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo e Eventos de Itajaí, Thiago Morastoni.
 
Cidade do Cabo – Itajaí
 
Além de toda adrenalina que envolve a corrida, os velejadores tiveram dois grandes desafios nesta fase da corrida: a passagem por três cabos, incluindo o Cabo Horn, no extremo sul, considerado um dos pontos mais difíceis, e superar as 12.750 milhas náuticas de aventura pelo Oceano Antártico até Itajaí. Esta foi a etapa mais longa e mais difícil da história nos 50 anos da The Ocean Race. “Eu amo passar pelo Cabo Horn, é um lugar icônico e esta é a sexta vez que eu passo por lá. Nas próximas pernas nós precisamos continuar entregando o nosso melhor” ressalta Boris Hermann.
 
A equipe Malizia conquistou, além do troféu de campeã da terceira etapa até Itajaí, uma segunda premiação. O Troféu Roaring Forties foi recebido pela liderança da passagem realizada entre o Cabo da Boa Esperança, na África do Sul, e o Cabo Horn, na América do Sul.
 
“Receber um evento dessa grandiosidade em nosso estado nos enche de orgulho e satisfação. Além da visibilidade de Itajaí e Santa Catarina para todo mundo na maior regata do planeta, mostra que estamos preparados para receber esse e outros eventos internacionais”, destaca o secretário de Estado do Turismo, Evandro Neiva.
 
Quatro dos cinco IMOCAS percorrem cerca de 12.750 milhas náuticas até Itajaí. Nesta etapa, a equipe GUYOT environnement – Team Europe (FRA/ALE), desistiu após ter um problema no casco e trouxe o barco da Cidade do Cabo até Itajaí para participar da próxima etapa da competição, rumo a Newport (EUA). A equipe chegou na Vila da Regata brasileira na quinta-feira (30), e foi recebida com carinho pelos visitantes do evento, que aplaudiram a chegada no píer.
 
Próxima etapa
 
A largada até Newport, nos Estados Unidos, acontece no dia 23 de abril. Com saída de Itajaí, o percurso terá, ao todo, 5.500 milhas náuticas. Os times ainda passarão pelas cidades de Aarhus, na Dinamarca, uma rápida passada na cidade Alemã de Kiel, depois The Hague, nos Países Baixos, e por fim Gênova, na Itália.
 
A Santa Catarina Itajaí Host City é uma realização do Município de Itajaí, em parceria com o Governo de Santa Catarina e a Associação dos Municípios da Região da Foz do Rio Itajaí (AMFRI). O evento tem patrocínio do Semasa, Germânica, Weg, Multilog, Unifique, Balneário Shopping, Gomes da Costa, Jungheinrich, Focker e Transkat, além do apoio da Marina Itajaí. Saiba mais em theoceanraceitajai.com.br.
 
Fonte: SECOM Itajaí

JORNAL IMPRESSO
12/04/2024
05/04/2024
29/03/2024
22/03/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS