sábado, 15 de junho de 2024
Eleições
12/08/2022 | 09:52

Instituições catarinenses unem forças para garantir a normalidade das Eleições 2022

Foi instaurado nesta quinta-feira (11), no âmbito do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC), o Gabinete de Pronta Resposta (GPR) para as Eleições 2022. O grupo é formado por 31 instituições estaduais e atuará na prevenção e no tratamento de incidentes durante o período eleitoral.
 
A cerimônia de lançamento do GPR foi conduzida pelo presidente da Corte, desembargador Leopoldo Augusto Brüggemann, pelo diretor-geral do TRE, Gonsalo Ribeiro, e pela secretária da Corregedoria Regional Eleitoral, Renata Fávere, que esteve representando o corregedor, desembargador Alexandre d’Ivanenko.
 
Cada instituição desempenhará seu papel de acordo com a respectiva atribuição para, em conjunto, promover a segurança, a transparência e a lisura do processo eleitoral. Fatores de risco envolvendo questões de logística, clima, segurança pública, ordem social, conectividade e infraestrutura estarão no foco das atenções do grupo, dentre outros que, por ventura, requererem pronta resposta nos dias 2 de outubro (primeiro turno) e 30 de outubro (segundo turno, se houver).
 
Ao reforçar a missão institucional do Tribunal em garantir a legitimidade do processo eleitoral e o livre exercício do direito de votar e ser votado a fim de fortalecer a democracia, o presidente do TRE ressaltou que tal legitimidade jamais poderá ser alcançada de forma isolada. “Precisa ser construída em conjunto, em um trabalho fundamentado na transparência, na integralidade, na clareza e propósito. Mantendo pleno afastamento de qualquer paixão político-partidária para preservar o alinhamento aos anseios mais profundos da sociedade”, defendeu o des. Leopoldo Brüggemann.
 
Na reunião inicial do grupo, cada componente pode trazer uma visão geral sobre situações atuais e principais desafios relacionados ao pleito eleitoral. “Nós aqui fazemos de tudo para que a eleição ocorra da maneira mais correta, transparente e segura para o eleitor”, afirmou o diretor-geral Gonsalo Ribeiro.
 
O Gabinete de Pronta Resposta é formado pelas seguintes instituções:
 
Superintendência Estadual da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN)
Procuradoria Seccional da Advocacia Geral da União (AGU)
Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC)
Corpo de Bombeiros Militar (CBMSC)
Defensoria Pública da União (DPU-SC)
Forças Armadas
Guardas Municipais
Justiça Federal de Santa Catarina (JFSC)
Procuradoria da República em Santa Catarina (MPF-SC)
Ministério Público de Santa Catarina (MPSC)
Superintendência Regional da Polícia Federal (PF-SC)
Polícia Civil (PCSC)
Polícia Militar (PMSC)
Superintendência da Polícia Rodoviária Federal (PRF-SC)
Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-SC)
Tribunal de Contas do Estado (TCE-SC)
Secretaria do Tribunal de Contas da União no Estado (SEC-SC)
Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC)
Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (TRT-SC)
Centrais Elétricas de Santa Catarina (CELESC)
Correios
Defesa Civil do Estado (DC-SC)
Dígitro Tecnologia
Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI)
Indústria de Telecomunicação Eletrônica Brasileira (Intelbras)
Interop Informática
Oi (serviços de telefonia)
Reunidas (transportes)
Secretaria de Estado da Educação (SED)
Secretaria de Estado da Saúde (SES)
Vivo (telecomunicações)
Por Jean Peverari
 
Assessoria de Comunicação Social do TRE-SC

JORNAL IMPRESSO
14/06/2024
07/06/2024
31/05/2024
24/05/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS