sábado, 20 de abril de 2024
Educação
12/07/2022 | 09:35

Estudantes de Itajaí com altas habilidades/superdotação lançam livros artesanais

As palavras  e as ilustrações como forma de expressão, proporcionam um mergulho no alto conhecimento e no desenvolvimento que auxiliam nas atividades em sala de aula para alunos e alunas com altas habilidades/superdotação da Escola Estadual Básica Professor Pedro Paulo Philippi, única unidade estadual de ensino de Itajaí, com contraturno para estudantes com altas habilidades. Hoje, são 16 anos e alunas que frequentam a sala de altas habilidades/superdotação na escola, auxiliados(as) por duas professoras: Priscila C Ramos e Patrícia Hipolito. Desde março de 2022, a bibliotecária e contadora de história, Édina Maria Calegaro, desenvolve com os estudantes, a oficina de escrita literária “Vou te Contar”, proporcionando a aprendizagem para produzir textos literários de ficção, nos gêneros de conto e crônica, utilizando os passos da Jornada do Herói, a partir de exercícios de leitura, discussão e reflexão. Em três horas por semana, os alunos com altas habilidades/superdotação puderam vivenciar temas e a capacidade com que a escrita pode auxiliar no desenvolvimento. Na prática, nasceram publicações em formato de livro artesanal. Cada estudante produziu e ilustrou três textos com os temas: identidade, medo e histórias  de família, descrevendo as experiências e se expressando por meio dos textos e desenhos. Os livros produzidos têm também biografia e foto de cada participante, bem como a ficha catalográfica e a descrição do projeto. O lançamento das publicações será na terça-feira (12), a partir de 16, nas dependências da escola. 
 
 
Altas habilidades/superdotação
 
Pessoas com altas habilidades/superdotação são aquelas com potenciais elevados em áreas diversas, seja em liderança, artes, esportes, acadêmica, no que envolve a aprendizagem e a realização de tarefas com facilidade e rapidez em aprender, curiosidade e autonomia. O diagnóstico é feito por especialistas em saúde e educação como psicólogos e pedagogos. Em Santa Catarina, alunos e alunas com idade escolar, identificados com  altas habilidades/superdotação estão incluídos no público-alvo da educação especial e têm direito a atendimento educacional especializado com o objetivo de minimizar as diferenças de estilo e ritmo de aprendizagem. são 27 polos para atender estudantes identificados com altas habilidades/superdotação, espalhados por todas as regiões do estado e instalados em escolas estaduais do ensino básico. A Escola Estadual Básica Professor Pedro Paulo Philippi é um desses polos para atender a região de Itajaí.

JORNAL IMPRESSO
19/04/2024
12/04/2024
05/04/2024
29/03/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS