quarta, 08 de dezembro de 2021
Geral
24/09/2021 | 10:35

Município de Itajaí e Univali devem entregar na próxima terça-feira, 28, estudo de contraproposta ao modelo apresentado pela União para privatização do Porto de Itajaí

Um novo estudo, que está sendo conduzido pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali), elabora uma contraproposta ao modelo apresentado pela União, apresentando, como ponto forte, a análise dos pontos críticos da proposta apresentada pelo Governo Federal que quer privatizar o Porto de Itajaí. 
“Itajaí não precisa de um novo modelo, mas sim o Brasil precisa do modelo de Itajaí. A metodologia deste trabalho que estamos desenvolvendo com a universidade, não será um trabalho simplesmente de apresentar um modelo, mas sobretudo terá uma análise muita crítica do modelo apresentado, envolvendo todos os pontos”, explica o Superintendente do Porto de Itajaí, Fabio da Veiga.
A atual concessão, com operação totalmente privada e gestão municipal, tem garantido ao longo de mais de duas décadas muito desenvolvimento para Itajaí, Santa Catarina e o Brasil. O contrato termina em dezembro de 2022, mas desde 2017 o Município de Itajaí solicita oficialmente a renovação de concessão antecipada, com o objetivo de prosseguir com a autoridade portuária pública e municipal.
“Com o modelo que nós temos no Porto, através dos aperfeiçoamentos que forem possíveis, ele poderá ter toda agilidade e competitividade, para que o Governo Federal atinja os objetivos que deseja também, através deste processo que está em curso. E que da mesma forma, nós possamos manter a nossa autoridade portuária pública municipal, juntamente com essa participação direta da cidade, uma vez que o porto representa o principal controle da economia, por isso somos a 12º cidade do Brasil na arrecadação de impostos federais”, ressalta o prefeito Volnei Morastoni.

JORNAL IMPRESSO
03/12/2021
26/11/2021
19/11/2021
12/11/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS