quarta, 08 de dezembro de 2021
Saúde
22/09/2021 | 17:03

Caminhar 7 mil passos por dia pode reduzir índices de mortalidade

A expressão: “é caminhando que se chega longe” passou a fazer mais sentido desde que um estudo da Universidade de Massachusetts, nos Estados Unidos, publicado na revista científica Jama Network,mostrou que pessoas que andam mais de sete mil passos diariamente reduzem as taxas de mortalidade de 50% a 70%.

A pesquisa avaliou por 10 anos a rotina de 2.110 pessoas com idades entre 38 e 50 anos, sendo 57,1% mulheres e 42,1% negros. Os participantes foram divididos em três grupos: um com pessoas que davam mais de 10 mil passos por dia; outro com pessoas que davam de 7 mil a 9.999 passos diariamente e um terceiro grupo com pessoas que davam menos de 7 mil passos por dia. Os pesquisadores não avaliaram o ritmo das passadas - se eram leves ou pesadas -, mas descobriram que após os 7 mil passos, não há significativa redução do risco de mortalidade.

Para o personal trainer, educador físico, coach e personalidade na internet: Tauan Gomes, o estudo mostra que não é a complexidade do exercício que garante sua eficácia. O mais importante, segundo ele, é manter a constância na atividade física.

“Mais importante do que a intensidade é, sem dúvidas, a rotina. Algumas pessoas tendem a dar o máximo de si no início, e não conseguem prosseguir com as atividades por muito tempo. Sempre oriento meus alunos e seguidores a manter um ritmo confortável, e se esforçar na disciplina diária”, afirma.

Ainda segundo Gomes,  a caminhada, assim como qualquer atividade física, ajuda a reduzir uma série de doenças do coração e de outros órgãos vitais, reduz o peso, controla níveis de colesterol e contribui para o alívio do estresse.

“Outro detalhe importante dessa pesquisa é a simplicidade do exercício. Caminhada é possível fazer em qualquer lugar, em qualquer horário e é de graça. Não há desculpas”, finaliza.

Biografia

 

Personal Trainer, educador físico, coach e personalidade na internet: Tauan Gomes é um  apaixonado por atividades físicas e bem-estar. Sempre envolvido com alguma atividade, como jiu-jitsu, cross, judô ou musculação, o carioca residente de Portugal, atualmente ministra aulas e dá consultorias virtuais para pessoas do mundo inteiro, de um jeito prático e inovador.

 

Com a pandemia, ele passou a atender à demanda dos novos tempos, prestando acompanhamento online e mostrando que gravar vídeos de treinos não é um trabalho exclusivo das blogueiras.  Para continuar com a qualidade das aulas presenciais adaptadas ao ambiente digital, o educador físico, que  tem formação pela International Coaching and Leaders Association, utiliza técnicas motivacionais para um melhor aproveitamento dos alunos nessa modalidade.

 

Seu público alvo são as mulheres de 25 a 40 anos, que buscam o emagrecimento saudável e eficaz. Os treinos acontecem na casa dos alunos, que, segundo o treinador, é um incentivo a mais para quebrar o  “bloqueio”  que alguns têm em relação à academia lotada.

 

Além dos treinos, Tauan oferece sessões completas e ferramentas de coaching durante o processo, abordando outras áreas que possam estar limitando o sucesso.  O treinador garante que o resultado existe da mesma forma que precisamente, basta empenho e vontade dos participantes.


 


JORNAL IMPRESSO
03/12/2021
26/11/2021
19/11/2021
12/11/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS