sexta, 24 de setembro de 2021
Geral
14/06/2021 | 16:34

Itajaí 161 anos: Semasa investe no maior programa de saneamento da história

O Semasa – Serviço Municipal de Água, Saneamento Básico e Infraestrutura de Itajaí prepara o maior programa de obras e ações em sistemas de água e esgoto da sua história, com investimentos iniciais que ultrapassam R$ 121 milhões. Parte dos trabalhos está em andamento e a meta da autarquia é garantir o abastecimento da cidade com qualidade e quantidade para os próximos 25 anos. Um dos contratos que demandam maior volume de recursos financeiros é a implantação de mais de 100 quilômetros de redes coletoras de esgoto nos bairros Murta, Cordeiros, São Vicente, Cidade Nova, Vila Operária, São Judas, Dom Bosco, São João e Nossa Senhora das Graças. Ainda neste ano, Itajaí alcançará 58% do território urbano com rede coletora de esgoto instalada, equivalente a ampliação de 123% além da cobertura atual. “Rede de esgoto representa qualidade de vida para os moradores e saúde. O Semasa está acompanhando o desenvolvimento de Itajaí e dando condições para que seu crescimento aconteça de forma ordenada, com sustentabilidade, respeito ao meio ambiente, para rios e praias despoluídos”, reforça o diretor geral da autarquia, Rafael Luiz Pinto. Para que esse amplo programa de saneamento seja possível, é fundamental que a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) possa operar com maior capacidade.  O Semasa está investindo na ativação de novos módulos na ETE Cidade Nova. A segunda etapa está sendo finalizada e vai tratar o esgoto dos bairros São Vicente, Cordeiros, Murta e Cidade Nova. Além disso, o Semasa vai construir três novos tanques, tendo sua capacidade ampliada de 130 litros por segundo para 630 litros por segundo. 
Nos próximos dias, a cidade contará com mais um ponto de captação de água no canal retificado do Rio Itajaí-Mirim. Com investimento de R$ 886 mil, o equipamento flutuante terá vazão de 1600 litros por segundo, ou seja, 145% superior ao sistema atual. Além disso, a nova captação consumirá menos energia elétrica, o que poderá chegar a R$ 450 mil de economia por ano.  “Um sistema extra de captação nos permite trabalhar com segurança, principalmente em situações que precisam de manutenção de peças. O serviço ocorrerá sem que precisemos paralisar a captação de água e sem comprometer o abastecimento da cidade”, observa o diretor de Saneamento, Victor Silvestre. Com a nova captação, a autarquia construirá a nova Estação de Tratamento de Água, em modelo compacto, com capacidade para produzir até 250 litros de água potável por segundo. Essa será a quarta ETA do município. 
A cidade terá ainda três novos reservatórios de água tratada, nos bairros Praia Brava, Santa Regina e Limoeiro. Neste último bairro, localizado na área rural, a estrutura já está sendo construída e aumentará em 800% a capacidade de armazenamento para a região. Ao todo, Itajaí terá 6,3 milhões de litros de água tratada a mais armazenados, fundamental para garantir o abastecimento de Itajaí, amortecer eventuais oscilações de vazão e pressão na rede e como reserva técnica em caso de incidentes na rede de distribuição. 
Outro ponto importante que vai demandar investimentos expressivos, ainda neste ano, é na reforma geral e modernização da Barragem de Contenção da Cunha Salina. Neste mês, entrou em fase de testes o gerador de dióxido de cloro, um equipamento responsável pelo pré-tratamento da água bruta, antes de chegar nas ETAs. O produto remove substâncias como ferro, manganês, cálcio, magnésio e matérias orgânicas. O rio onde é captada a água apresenta alta turbidez e poluição, o que dificulta e torna mais cara a operação das estações. Esse sistema está associado à melhoria da qualidade da água e maior segurança hídrica. O investimento pelos próximos dois anos será de R$ 6,8 milhões. 
Para combater a turbidez, a autarquia vai investir mais de R$ 1,5 milhão na instalação de mil novos pontos de descarga de rede, para limpeza das tubulações após consertos. Atualmente, são 244 pontos. Ainda entre os maiores investimentos, está a aquisição de 10 mil novos hidrômetros para substituir equipamentos mais antigos. “O Semasa está vivendo sua melhor fase, em que estamos colocando em prática projetos fundamentais para a cidade do presente e do futuro, como compromisso que temos com nossos consumidores”, completa o diretor geral. 
VÍDEOS
Pandemia
24/09/2021 | 18:12
Itajaí amplia vacinação contra Covid-19 para adolescentes de 12 anos ou mais e dose de reforço para idosos de 70 anos ou mais
Geral
24/09/2021 | 18:10
Itajaí entrega chaves de novas residências para 19 famílias da Via Expressa Portuária
Política
24/09/2021 | 18:09
CPI das Máscaras escuta três testemunhas
Geral
24/09/2021 | 18:09
Acadêmicos de Turismo e Hotelaria da Univali são premiados no 16º Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável
Geral
24/09/2021 | 18:08
Delegacia de Pessoas Desaparecidas completa oito anos com 30 mil casos resolvidos
Geral
24/09/2021 | 18:07
Semana da Mobilidade: Governo quer incentivar o uso de transportes sustentáveis
Geral
24/09/2021 | 18:05
PMGPP/Univali promove 1º seminário de internacionalização da pesquisa
Política
24/09/2021 | 18:04
PT-SC realiza reunião do Diretório Estadual no sábado
Geral
24/09/2021 | 18:02
Balneário Camboriú participa do Playing For Change Day neste domingo
Geral
24/09/2021 | 10:35
Município de Itajaí e Univali devem entregar na próxima terça-feira, 28, estudo de contraproposta ao modelo apresentado pela União para privatização do Porto de Itajaí
Esportes
24/09/2021 | 10:34
Com catarinenses na briga pelo título e atletas de seis países, Taroii Juniors Cup larga neste sábado em Itajaí

JORNAL IMPRESSO
24/09/2021
17/09/2021
10/09/2021
03/09/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS