quarta, 12 de maio de 2021
Política
09/04/2021 | 14:17

Vereadores querem viabilizar unidade auxiliar do Hemosc em Navegantes

A Câmara Municipal de Navegantes deu início nesta semana às tratativas com o Prefeito de Navegantes, Libardoni Lauro Claudino Fronza (DEM), o “Liba”, para viabilizar a instalação de uma unidade auxiliar do Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina – Hemosc na cidade. O encontro foi registrado na tarde da quinta-feira (8), às 14 horas, no gabinete do prefeito, e contou com a participação dos vereadores Gabriel dos Anjos (PSC) e Lú Bittencourt (PL).

Conforme os vereadores que representaram o Poder Legislativo neste encontro, o prefeito Liba Fronza manifestou grande interesse em apoiar a iniciativa, que beneficiaria a população de Navegantes e de toda a região, reduzindo a dependência da unidade mais próxima, instalada em Blumenau.

“Conquistamos o apoio do prefeito e iremos agora em busca de informações para tornar possível esta proposta. Na próxima semana iremos conhecer a estrutura da unidade auxiliar de Blumenau e, em seguida, iremos agendar audiência com a secretaria estadual de Saúde para darmos início aos trâmites necessários à criação de uma unidade em Navegantes. Vamos tirar esta ideia do papel e colocar nossa cidade em posição de vanguarda na Amfri, assumindo este compromisso de estimular e promover a coleta de sangue na nossa região”, declara o vereador Gabriel dos Anjos.

Caso a iniciativa demore a sair do papel, os vereadores se propuseram a solicitar à Secretaria de Estado da Saúde, de forma urgente, a vinda de uma unidade móvel do Hemosc até Navegantes para realizar a coleta temporariamente. “Sabemos que instalar a unidade não será tarefa simples, pois envolve diferentes esferas de governo, o custeio e a manutenção do espaço, pessoal e equipamentos, mas com vontade política podemos fazer a diferença e, definitivamente, tornar possível este sonho, que é ter uma unidade auxiliar em nossa região e melhorar o abastecimento dos bancos de sangue dos nossos hospitais”, acrescenta a vereadora Lú Bittencourt.

 

Distância dificulta doações

 

A reposição frequente dos estoques de sangue é necessária para tratar anemias crônicas, cirurgias de urgência, acidentes que causam hemorragias, complicações da dengue, febre amarela, tratamento de câncer e outras doenças graves. Contudo, os moradores da região da Amfri enfrentam dificuldades para se tornarem doadores por conta da distância. “Recebemos muitas reclamações de pessoas que querem doar ou foram doadores e, atualmente, não conseguem fazê-lo por conta da pandemia e da distância até Blumenau”, explica o vereador Gabriel dos Anjos.

Atualmente, o HEMOSC está sediado em Florianópolis e conta ainda com seis unidades auxiliares nos municípios de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Joaçaba, Joinville e Lages.  Nos últimos anos, o “Movimento Popular Pró HEMOSC da Região de Itajaí” – também apoiado pela Câmara Municipal de Navegantes – busca ajuda governamental para instalar uma unidade do órgão em Itajaí para beneficiar toda a região.

“Queremos somar à iniciativa do Pró Hemosc da Região de Itajaí, não competir. Este é um serviço para atender toda a região, o importante é unirmos todas as forças para viabilizar a instalação de uma unidade auxiliar local, seja aqui ou em Itajaí, para que todos ganhem, pois reduziria a pressão sobre a unidade de Blumenau e melhoraria toda a logística de coleta e distribuição para os municípios da Amfri”, encerra o vereador.

 

Queda nas doações chega a 20%

 

Há cerca de 15 dias, o Ministério da Saúde lançou a campanha “Meu Sangue Brasileiro”, para incentivar a doação voluntária e regular de sangue em todo o país. Até agora, não houve desabastecimento em nenhuma região, mas, em 2020, por causa da pandemia de covid-19, houve queda no número de doações de aproximadamente 20%. As informações são da Agência Brasil.

O objetivo da campanha é melhorar a informação sobre a segurança da doação de sangue durante a pandemia. Todas as medidas de segurança em relação à Covid-19 estão sendo adotadas pelos hemocentros do país, como condições de higiene e antissepsia adequadas na recepção dos candidatos, coleta do sangue sem exposição a aglomerações por meio de agendamentos e distanciamento entre as cadeiras de coleta.

 

*Fotos de Samantha Silva

VÍDEOS
Pandemia
11/05/2021 | 14:37
Vacinação em SC: Doses da Pfizer serão distribuídas nesta terça-feira para Capital, São José, Tubarão, Joinville e Blumenau
Saúde
11/05/2021 | 14:36
Coronavírus em SC: Governo prorroga suspensão de cirurgias eletivas por 72 horas e convoca unidades filantrópicas para retomada segura
Educação
11/05/2021 | 14:35
Com mais experiências presenciais, Univali anuncia Modelo Híbrido Flexível para o segundo semestre de 2021
Saúde
11/05/2021 | 14:34
Senac SC realiza Semana da Enfermagem com foco no combate à Covid-19
Saúde
11/05/2021 | 14:32
Idosos e professores poderão se vacinar contra gripe a partir desta quarta-feira
Geral
11/05/2021 | 14:31
Grupo Oceanic faz homenagem aos profissionais da saúde
Cultura
11/05/2021 | 14:29
Prefeitura de Bombinhas lança campanha #pescadatainhaépatrimônio
Cultura
11/05/2021 | 14:28
ITAPEMA: Inscrições para emissão da Carteira Municipal de Artesão estão abertas
Saúde
11/05/2021 | 14:27
Camboriú inicia nesta terça-feira, dia 11, segunda etapa da Vacinação contra H1N1
Geral
11/05/2021 | 14:26
Serviço EMASA: Saiba como fazer a leitura e identificar a numeração do hidrômetro de seu imóvel
Saúde
11/05/2021 | 14:24
Vacinação de gestantes em Balneário Camboriú é suspensa

JORNAL IMPRESSO
07/05/2021
30/04/2021
23/04/2021
16/04/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS