quinta, 21 de janeiro de 2021
GERAL
27/11/2020 | 14:42

Avenida Campos Novos recebe nova alça para formação de retorno de quadra

O cruzamento entre as avenidas Campos Novos e Adolfo Konder, no São Vicente, está em transformação. A rotatória está com os dias contados para dar lugar a um retorno de quadra que acabará com os congestionamentos constantes na avenida Adolfo Konder. Uma alça já está em fase de conclusão no cruzamento entre as duas avenidas em direção à rodovia BR-101. Outra alça será construída a partir do cruzamento entre as avindas Adolfo Konder e Nilo Simas, no Cidade Nova, na pista em direção ao Centro de Itajaí.

A nova organização transformará o trânsito no local. O modelo utilizado será o mesmo no cruzamento entre as ruas Heitor Liberato e José Pereira Liberato (antiga rótula do Vanolli). Ao evitar os conflitos no trânsito e priorizar as conversões à direita, o retorno viário de quadra garante mais segurança e agilidade nos deslocamentos.

Com mais de 80% da avenida Campos Novos contemplada pela reurbanização, as transformações na importante via do bairro São Vicente chega a fase final. Orçada em R$ 8,7 milhões, a obra de reurbanização da avenida contempla toda sua extensão de 1,7 quilômetro, além da solução viária do retorno de quadra. O projeto ainda inclui nova iluminação, canteiros drenantes, paisagismo e arborização, drenagem pluvial, cruzamentos elevados, sinalização viária, bolsões de estacionamento e melhorias na pista de rolamento com pavimentação asfáltica.

Mobilidade e prevenção de alagamentos no Rio Bonito
Além da reurbanização da avenida Campos Novos, a comunidade do Rio Bonito recebe outros dois grandes investimentos em drenagem e na construção de uma nova ponte. A macrodrenagem da bacia do Rio Bonito está em andamento desde o início de 2020. E a ponte de ligação entre os bairros São Vicente e Cordeiros, ao ligar pelo rio Itajaí-Mirim a avenida Nilo Bittencourt com a rua Selso Duarte Moreira, já foi licitada e iniciará ainda este ano.

Os investimentos nestas três obras chegam a R$ 34 milhões. As obras transformam a vida das pessoas ao garantir mais qualidade de vida com a eliminação das cheias e dos congestionamentos.

Compartilhar
JORNAL