quinta, 21 de janeiro de 2021
GERAL
27/11/2020 | 14:16

ENTRE CORPOS E TEMPOS: MOSTRA ONLINE DE VIDEOARTE STOP MOTION ACONTECE PELO INSTAGRAM

A mostra de videoarte Entre Corpos e Tempos (@entre_corpos_tempos), proposta pelo artista catarinense Gabriel Engster, busca discutir a relação íntima e perceptiva que cada participante tem com o tempo, ou ainda, com os efeitos dele. Do dia 21 a 27 de novembro ocorrerão as publicações das 10 videoartes produzidas por artistas de 05 estados. A iniciativa instigou os envolvidos a pensarem como que o corpo-matéria, que sente e nota o passar dos segundos, se relaciona às leituras e expectativas do período temporal vivenciado, retratando suas visões da relação entre corpo e o tempo por meio do stop motion.
 
Os artistas que participam da primeira edição da mostra tiveram que produzir trabalhos inéditos específicos para a proposta, tendo que desenvolver vídeos de no máximo 30 segundos. "A escolha estética da mostra, sendo em stop motion, busca repensar o tempo real trabalhando a fragmentação dos registros de uma ação; e o fato das produções serem curtas é também parte potente dentro do conceito da mostra: como falar de outros tempos em curtos segundos?", diz Gabriel, organizador e curador do evento. 
 
Os artistas participantes são: Claudinei Sevegnani (SC), Kaylla Oliveira (GO), Camila Santos (SP), bill (SC), Luciano Baêta (MG), Osmar Domingos (SC), Marina Soares (PE), Siro (SP), iimpirika_jones (SC) e o curador Gabriel Engster (SC).
 
"Foi incrível instigá-los através de uma proposta que nasceu sem pretensões, de uma pesquisa pessoal que eu vinha fazendo com stop motion e suas possibilidades temporais, e que agora tomou proporções e se materializou abrangendo muito mais do que eu esperava", afirma Engster.
 
Para ver a mostra basta acompanhar o perfil no Instagram '@entre_corpos_tempos'. As publicações ocorrerão nas seguintes datas: 21, 23, 25 e 27 de novembro. A classificação indicativa da mostra é de mais de 16 anos.
 
A proposta é realizada com recursos do Edital #SCulturaemSuaCasa por meio do Governo do Estado de Santa Catarina e Fundação Catarinense de Cultura.
Compartilhar
JORNAL