quarta, 25 de novembro de 2020
GERAL
22/10/2020 | 17:17

99Poupa chega em Itajaí com corridas até 30% mais baratas em horários alternativos

Moradores das periferias do Brasil estão utilizando o transporte por aplicativo com maior frequência (55%) para evitar aglomerações e contaminação pelo coronavírus no deslocamento (43%). Somado a isso, 83% dos respondentes das periferias sofreram impacto econômico significativo em suas finanças e afirmam que passaram a viver mais o próprio bairro, comprando e realizando serviços perto de casa, durante a pandemia. Essas são algumas das conclusões da pesquisa"Como as periferias se reconectam com a cidade", realizada no final de julho pela 99, empresa de tecnologia ligada à mobilidade urbana.

Diante dessa realidade, a 99 criou novos serviços para atender a demanda da população que precisa continuar circulando pela cidade. É o caso do 99Poupa, categoria de corrida que oferece viagens até 30% mais acessíveis para os passageiros em horários fora de pico e gera 17% mais renda para os motoristas parceiros. A modalidade também contribui para que os motoristas que optam correr por ela fiquem cerca de duas horas a menos com os carros vazios.

Lançado no Rio de Janeiro em junho e em funcionamento em mais de 40 cidades do país, o serviço começa a operar em Itajaí nesta semana. O lançamento acontece em um momento que manter um distanciamento mínimo entre as pessoas e economizar para o futuro estão entre as principais preocupações atuais dos brasileiros, de acordo com levantamento da GlobalWeb Index, instituto internacional de pesquisas com sede em Londres.

"O objetivo com essa nova categoria é oferecer opções seguras e acessíveis aos nossos usuários, ajudando-os a se locomoverem de forma a evitar concentrações de pessoas, e ao mesmo tempo contribuir para a economia dos passageiros e geração de renda para os motoristas parceiros", afirma Davi Miyake, Diretor de Operações da 99. "Uma pesquisa proprietária nossa mostrou que 40% dos entrevistadosestão procurando alternativas para evitar aglomerações em outros meios de transporte em razão da pandemia", complementa o executivo.

Mais segurança, renda e liberdade de escolha

A nova categoria cria mais oportunidades de corridas adicionais para os motoristas parceiros em horários fora do pico, com um valor mais acessível para os passageiros. Com isso, momentos de baixa demanda são preenchidos por essas viagens. Durante a fase piloto em Duque de Caxias, a 99 detectou que o tempo ocioso dos motoristas parceiros teve uma queda de 25%.

Desta forma, o motorista pode aumentar seus ganhos ampliando o volume de chamadas nos períodos em que ele, provavelmente, ficaria parado ou rodaria vazio. Os motoristas têm a opção de habilitar o produto, ou seja, aceitar ou não a corrida pelo 99Poupa, sem prejuízos. Por isso, o tempo de espera pode ser um pouco mais longo para o passageiro que optar por esse serviço.

Sobre a 99

A 99, empresa brasileira de tecnologia que conecta passageiros e motoristas através de seu aplicativo, faz parte da companhia global Didi Chuxing ("DiDi"). O aplicativo conecta mais de 750 mil motoristas a 20 milhões de passageiros em mais de 1.600 cidades no Brasil. Como uma das maiores provedoras de mobilidade do país, a empresa oferece sete tipos de serviços na sua plataforma: 99Pop, categoria de carros particulares presente em mais de 40 regiões metropolitanas e grandes cidades; 99Poupa, categoria econômica de carros particulares disponível em horários de baixa demanda; 99Taxi, categoria que cobre todo o país; 99Top, serviço de táxis de luxo oferecido em São Paulo; 99Comfort, que reúne comodidade de carros novos e espaçosos a um preço acessível em algumas capitais do país - Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Brasília (DF) e São Paulo (SP); 99Entrega, categoria de entrega de itens pessoais presente em mais de 80 cidades do país; e 99Pay, primeira carteira digital criada por um aplicativo de mobilidade urbana no Brasil que oferece vantagens como descontos em corridas e pedidos de delivery, bem como o pagamento online de boletos de consumo (água, luz, gás, etc.)

Compartilhar
JORNAL


Quinta, 19 de novembro de 2020
Acaert, 40 anos, por Silvano Silva