quarta, 25 de novembro de 2020
GERAL
19/10/2020 | 16:58

Observatórios Sociais de SC se reúnem por eficiência e transparência na aplicação dos recursos públicos

            As eleições municipais serão tema do 11º Encontro Estadual de Observatórios Sociais? de segunda a quinta-feira desta semana (19 a 22/10), reunindo cerca de 400 envolvidos com a instituição em Santa Catarina. O 11º ECOS será virtual, em razão das limitações impostas pela pandemia da Covid-19, aberto ao público e com inscrições gratuitas. ?A renovação das Prefeituras e Câmaras de Vereadores será uma oportunidade estratégica para a defesa da eficiente aplicação dos recursos nas diferentes esferas do poder público, além de ações em favor da transparência?, considera Leomir Minozzo, presidente do OSB-SC.

            ?As eleições municipais são as mais íntimas do cidadão, ele tem contato direto com os candidatos e, portanto, tem mais poder de influenciar, questionar e cobrar?, acrescenta. ?Os ajustes nacionais dependem das ações em nossos municípios, é neles que tudo acontece?, reforça. Santa Catarina tem Observatórios Sociais em 30 cidades e foi a primeira unidade da federação a ter um Observatório estadual. Apesar da representatividade, o OSB-SC precisa de mais participação. ?Nossa capacidade de orientar, monitorar e cobrar transparência dos gestores públicos vem aumentando na mesma proporção da adesão de voluntários ? pessoas ou empresas e instituições?, explica Minozzo.

            Na próxima quinta-feira (22), entre 19 e 22h, um webinário reunirá Denise Schlickmann, secretária de Controle Interno e Auditoria do Tribunal Regional Eleitoral, e Ana Carla Bliacheriene, professora de Direito da USP e empresária. ?Precisamos fomentar a ideia do voto consciente, de que as escolhas representam uma repercussão de no mínimo quatro anos de mandato,?, alerta Minozzo.

Compartilhar
JORNAL


Quinta, 19 de novembro de 2020
Acaert, 40 anos, por Silvano Silva