segunda, 14 de junho de 2021
Geral
17/11/2017 | 09:56

ITAJAÍ: Delegação tricampeã dos JASC é homenageada

Os tricampeões dos Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC) foram recebidos na tarde desta quinta-feira (16) pelo prefeito Volnei José Morastoni no átrio da Prefeitura. Além da homenagem à delegação, foram expostos os troféus conquistados em Lages.

Nesta edição do evento mais importante do esporte amador catarinense a delegação itajaiense foi composta por 435 atletas e finalizou o quadro final de pontos na liderança com 202, seguida por Blumenau na segunda colocação com 195.

Itajaí terminou com 13 troféus de campeão: bolão 16 (masculino e feminino); bolão 23 (masculino); ginástica artística (masculino); judô (masculino); taekwondo (masculino e feminino); natação (feminino); tênis (masculino e feminino); xadrez (masculino); triathlon (masculino e feminino).

“É motivo de muita alegria e orgulho para a nossa cidade essas conquistas nas áreas do esporte, do lazer saudável e da cultura. Elas são importantes construímos bons caminhos para as nossas crianças e jovens”, ressalta o prefeito Volnei José Morastoni.
Também foram conquistados quatro troféus de vice-campeão: karatê (feminino); natação (masculino); futsal (feminino) e handebol (masculino). Além de quatro troféus de terceiro colocado: atletismo (masculino); handebol (feminino), judô (feminino) e xadrez (masculino).

“Investimos forte no nosso esporte e com muito trabalho e dedicação dos atletas, comissões técnicas, dirigentes e equipes de apoio, superamos as dificuldade e conquistamos o tricampeonato”, explica o superintendente da Fundação Municipal de Esporte e Lazer (FMEL), Julcemar Ferreira.

De acordo com o técnico e atleta de natação, Leandro Peixoto, Itajaí é referência nacional na modalidade ao aliar o esporte de rendimento com a formação de atletas.
“Além de sermos referência no esporte de rendimento, temos o segundo maior projeto de natação do país e atendemos 1500 pessoas. Ano que vem devemos se tornar o maior em volume de crianças nadando. Temos ma base formada na comunidade aliado ao referencial do rendimento”, salienta Peixoto.

O atleta do handebol Lucas Leal, pratica a modalidade há 15 anos e desde 2012 voltou a defender as cores da cidade.
“O mais importante é poder praticar o esporte que gosta e estar em casa. As experiências que a gente adquiri em outras cidade, estados e até no exterior possibilitam que a gente volte e contribua para a formação de novos atletas e para a melhoria do esporte na cidade”, finaliza.


JORNAL IMPRESSO
11/06/2021
04/06/2021
28/05/2021
21/05/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS