sexta, 18 de junho de 2021
Geral
28/09/2016 | 19:48

Téspis leva 10 apresentações gratuitas para bairros de Itajaí

Visando descentralizar o acesso à cultura e arte em Itajaí, a Téspis Cia de Teatro, residente na cidade, leva para oito comunidades o seu mais novo espetáculo. A peça "Tomara que não chova ou a incrível história do homem que se transformou em cachorro" circulará de 03 a 14 de outubro nos bairros Fazenda, São Pedro, São João, Costa Cavalcante, Cidade Nova, São Roque, Bambuzal e Praia Brava. A programação é totalmente gratuita e itajaienses de todas as idades estão convidados.

A peça foi elaborada para utilizar pouco espaço físico e elementos técnicos, sendo possível apresentá-la em palcos alternativos, como centros sociais e escolas. “A ideia é ir onde a plateia está, alcançando mais pessoas e gerando interesse para a formação de novos espectadores, além de incentivar o hábito, o desejo e o prazer do encontro por meio da arte, completa Denise da Luz, integrante da companhia.

E ainda após cada apresentação haverá um bate papo com a plateia para dialogar sobre o espetáculo e o fazer teatral. Outro objetivo é possibilitar que pessoas de baixa renda tenham contato com o teatro, além de intensificar o teatro nos bairros itajaienses. O projeto é realizado com patrocínio da Unimed Litoral, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, Fundação Cultural e Prefeitura Municipal de Itajaí.

O Espetáculo

"Tomara que não chova ou a incrível história do homem que se transformou em cachorro" é baseada no texto "Histórias para serem contadas", do dramaturgo argentino Osvaldo Dragun. Discute temas polêmicos, com doses de humor e ironia, situações as quais acabamos nos acostumando no dia a dia.   Convida, desta forma, o público a repensar suas atitudes cotidianas e provoca uma reflexão sobre nosso posicionamento como indivíduos/cidadãos.

A história conta com um homem desempregado que tem como única oportunidade de trabalho se tornar “cachorro do vigia noturno”. Ciente de suas necessidades e convicto de não ceder às pressões que a nova profissão apresenta, o homem aceita o emprego. Mas, a chuva o obriga a se sujeitar à situações degradantes. Quanto tempo é necessário para que ele se acostume com essa nova condição? E, depois que ele adquira esse hábito, será possível voltar a ser homem?

Téspis Cia de Teatro

Há quase 23 anos, com sede na cidade de Itajaí (SC), a Téspis Cia de Teatro trabalha com o objetivo de estudar o fazer teatral e aplicar tais estudos na montagem de espetáculos, que levantem questões do mundo contemporâneo. Com atuação no Brasil e no exterior, ao longo dos anos conquistou mais de 40 prêmios.

Desde a fundação, a companhia atua com adaptações e/ou adequações de textos clássicos. A partir de 2009, decidiu trabalhar também com dramaturgia própria, apostando na criação de obras autorais. A Téspis é composta por Denise da Luz, Jônata Gonçalves e Max Reinert. Em Itajaí, mantém um curso de teatro permanente há mais de 15 anos, em que passaram mais de mil alunos.

Programação completa:

Dia 03/10/2016 (segunda-feira)

19h30- Local: Escola Básica Gaspar da Costa Moraes - Bairro Fazenda (Alunos EJA)

 

Dia: 04/10/2016 (terça-feira)

10h- Local: Escola Básica Inês Cristofolini de Freitas - Bairro São Pedro/Itaipava (Alunos Ensino Fundamental)

 

Dia: 05/10/2016 (quarta-feira)

10h e 14h- Local: Escola de Educação Básica Paulo Bauer - Bairro São João (Alunos Ensino Médio)

 

Dias: 06 e 07/10/2016 (quinta e sexta-feira)

16h- Local: Centro Convivência do Idoso do Costa Cavalcante

 

Dia: 10/10/2016 (segunda-feira)

20h- Local: Centro Educacional Pedro Rizzi - Cidade Nova (Alunos EJA)

 

Dia: 11/10/2016 (terça-feira)

16h- Local: Centro Comunitário do São Roque (Idosos)

 

Dia: 13/10/2016 (quinta-feira)

16h- Centro Comunitário do Bambuzal (Idosos)

 

Dia: 14/10/2016 (sexta-feira)

14h- Local: Auditório Unimed Litoral (Programa Semear-Jovens Aprendizes) - Praia Brava


JORNAL IMPRESSO
11/06/2021
04/06/2021
28/05/2021
21/05/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS