quarta, 23 de junho de 2021
Geral
19/11/2015 | 09:23

Ponte Tancredo Neves pode ficar irrecuperável caso obras atrasem

A ponte Tancredo Neves, que liga os bairros São Vicente e Cordeiros, em Itajaí, deve ser recuperada nos próximos 30 dias. A estrutura foi interditada em outubro após a correnteza acumular detritos nos pilares da ponte, causando rebaixamento na pista de rolamento. No período de obras no local, os motoristas devem usar as pontes Wilson Kleinubing e a ponte da Nova Brasília como acesso alternativo.

A recuperação envolve a construção de novos blocos e pilares centrais, na tentativa de conter o rebaixamento da ponte. O laudo técnico detectou que a estrutura está cedendo um milímetro por dia. De acordo com o secretário interino de Obras, Marcelo Schilickmann, o trabalho será feito por cima da ponte:

— Vamos fazer uma nova fundação central através de estacas raiz e depois nivelar a pista.

O laudo ainda apontou a falta de atrito lateral nas estacas, fazendo com que a ponte fique sem resistência para suportar o próprio peso. A estrutura atual tem estacas de 25 metros de profundidade, já as novas terão 45 metros e serão fincadas em uma “rocha mãe”. Segundo o secretário, isso deve garantir a segurança da ponte.

A obra de recuperação da ponte Tancredo Neves será feita em caráter emergencial e dispensa licitação. Na próxima semana, o município recebe os projetos e orçamentos para estaqueamento. Para Marcelo, a obra deve começar o mais rápido possível para evitar que a ponte se torne irrecuperável. A meta é que os trabalhos sejam concluídos no final de fevereiro do ano que vem.


JORNAL IMPRESSO
18/06/2021
11/06/2021
04/06/2021
28/05/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS