sábado, 19 de junho de 2021
Geral
Caramelo é um dos poucos animais adotados em Itajaí
21/09/2012 | 13:46

Número de animais nas ruas de Itajaí ainda preocupa

 

O cão é o melhor amigo do homem, mas será que a recíproca é verdadeira? A quantidade de pessoas interessadas em adotar um animal é menor que o número de animais abandonados, é o que afirma o Núcleo de Zoonozes de Itajaí, responsávelpelo controle e prevenção de doenças transmitidas ao homem pelos animais. Estima-se que 3 mil cães e gatos vivam nas ruas da cidade, mas não há um controle específico. Destes, cerca de cinco são adotados por mês.

Caramelo faz parte desta estatística. É um cachorro de rua, mas teve a sorte de ter sido acolhido por Evelise Moraes Ribas Wiersinski, que o tratou e intermediou a adoção para um casal de amigos. Ela conta que já encontrou vários animais perto de casa. “Já recolhi vários animais de rua, tratei animais atropelados, já levei cães e gatos para o veterinário. É uma situação muito séria”, relata.

Mas, a prefeitura pode fazer pouco pelo caso. “As pessoas confundem o papel do Núcleo de Zoonozes. Na década de 70/80 os canis no Brasil recolhiam os bichos, que posteriormente eram eutanasiados, mas isso mudou. Hoje a gente só recolhe animais doentes, ou que não tem capacidade de viverem sozinhos, e os recuperamos”, afirma o médico veterinário Denilson Vargas da Silva.

Os animais sadios não são recolhidos, porque geram alto custo com ração, higiene e outros cuidados. Para o veterinário, falta maturidade das pessoas que criam animais e depois os largam nas ruas. “Falta vergonha na cara dessas pessoas, porque elas sabem que a prefeitura não recolhe animais sadios. Tem gente que liga para o Núcleo de Zoonozes ir à casa da pessoa e buscar o cachorro, porque ela não quer mais o animal. As pessoas têm que ter consciência de que um animal de estimação vive por mais de 10 anos, é para a vida toda”, completa Silva.

Após serem tratados e medicados, os animais recolhidos são colocados para adoção. Quem quiser um novo companheiro, basta se dirigir ao Canil Municipal, rua Manoel Bernardes, s/n, bairro Itaipava e apresentar o CPF.


JORNAL IMPRESSO
18/06/2021
11/06/2021
04/06/2021
28/05/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS