sábado, 19 de junho de 2021
Geral
17/09/2012 | 08:48

Brasil conquista mais duas medalhas, com prata e bronze na 35-39

 

O Brasil garantiu mais duas medalhas no Mundial de Mountain Bike Máster com o brasiliense Marconi Soares Ribeiro e com o paraibano radicado em Campinas (SP) Joseilton da Silva Gomes, que ficaram com a prata e o bronze, respectivamente, na categoria 35-39 anos. O Brasil tem até o momento 22 medalhas entre Cross Country e Downhill.

 

Marconi, de 35 anos, repetiu o resultado de 2010 quando foi prata na categoria 30-34 anos.  “Eu sabia que tinha que marcar o italiano e fiz todo o possível para andar com ele. Ele abriu 15 segundos no final da primeira volta e manteve o ritmo. Acho o evento perfeito, com clima perfeito, bastante público e bem organizada”, elogiou o atleta, que é o atual campeão brasileiro na categoria.

 

Joseilton, de 37 anos, conhecido como Paraíba, comemorou bastante a terceira colocação. Em 2011, Paraíba esteve muito próximo de conquistar o bronze, mas sofreu com câimbras e perdeu colocações.

 

“Foi muito difícil conseguir tempo para treinar para esse Mundial. Fiz uma corrida solitária na terceira colocação. Não fui ameaçado por ninguém, e também não ameacei os líderes, que estavam muito mais fortes que eu. Agradeço a Deus por minha conquista”, declarou Joseilton.

 

A medalha de ouro foi para o italiano Mássimo Folcarelli que dominou a corrida desde o início e conquistou sua terceira vitória consecutiva em Balneário Camboriú com o tempo de 1h18min53s. A disputa reuniu 55 atletas que deram cinco voltas no percurso de 4.300 metros de extensão.

 

Folcarelli é o atleta mais rápido até o momento e marcou o tempo recorde no circuito com 14min14s.  


JORNAL IMPRESSO
18/06/2021
11/06/2021
04/06/2021
28/05/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS