sábado, 19 de junho de 2021
Geral
19/03/2012 | 17:51

Entidades empresariais de SC mobilizadas contra projeto de lei que taxa distribuição de lucros

Entidades do comércio, indústria e de classe em Santa Catarina iniciaram nesta segunda-feira (19), em Florianópolis, uma articulação para sensibilizar deputados dos prejuízos que o setor produtivo terá com um projeto de lei apresentado na Câmara dos Deputados que prevê o pagamento de mais impostos por parte de empresas.

Sugerido em fevereiro por nove deputados da bancada federal petista, o projeto de lei 3155 pretende acabar com a isenção do Imposto de Renda para distribuição de lucros e dividendos de pessoas jurídicas, que terão alíquota de 15%.

Reunidos na sede da Federação das CDLs de Santa Catarina (FCDL SC), representantes da Fecomércio, Federação das Indústrias (Fiesc), Conselho Regional de Contabilidade (CRC) e CDL de Florianópolis discutiram o impacto negativo que mais esta proposta trará à iniciativa privada. “Não é o momento para mais uma oneração para o setor produtivo. O modelo atual de tributação já é bastante pesado para os empreendedores e acaba reduzindo a competitividade do país”, ponderou Sergio Medeiros, presidente da FCDL.

As entidades irão levar o assunto para suas bases, além de encaminhar ofício para todos os deputados da bancada federal e, em especial, o coordenador do fórum parlamentar catarinense, deputado Décio Lima (PT). A proposta ainda não chegou às comissões da Câmara, mas os autores acreditam que, se aprovado, pode aumentar a arrecadação do Fisco em mais de R$ 16 bilhões.

Também estiveram no encontro o presidente do CRC, Adilson Cordeiro, a secretária executiva da Câmara de Assuntos Tributários e Legislativos da Fiesc, Adriana Sanchez, o diretor executivo da Fecomércio, Marcos Arzua e os diretores da CDL de Florianópolis Ernesto Caponi e Alceu Zilli Tasca.


JORNAL IMPRESSO
18/06/2021
11/06/2021
04/06/2021
28/05/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS