sábado, 19 de junho de 2021
Geral
13/03/2012 | 15:19

Governador inaugura penitenciária de Itajaí e autoriza construção de nova ala para o presídio

O governador Raimundo Colombo inaugurou, nesta terça-feira (13), a penitenciária de Itajaí, que tem capacidade para 360 detentos e vai ajudar a desafogar outras unidades da região. Foram investidos R$ 21 milhões para a construção que encerra toda a estrutura do Complexo Penitenciário de Itajaí. "Entregamos essa unidade, mas já estamos trabalhando para ampliar o número de vagas. Essa é a nossa realidade. O mais importante é buscar a ressocialização dessas pessoas." No ato, Colombo também assinou ofício para a construção de uma nova ala no presídio, com capacidade para 320 presos e mais 32 vagas para outras dependências, como salas de triagem e de visitas, num total de 352 vagas.

Os detentos que vão ocupar a nova penitenciária devem começar a ser transferidos ainda nesta semana. Cerca de 100 presos já condenados do presídio de Balneário Camboriú, que foi interditado pela Justiça, devem ser transferidos também em maio. Os outros detentos, que ainda não foram julgados, devem ser transferidos para a nova ala assim que ela for concluída.

Todo o complexo penitenciário acrescentou 856 vagas para a segurança da região: 376 no presídio, 120 na unidade do regime semiaberto e mais 360 na nova penitenciária. “Nesses 14 meses, já entregamos unidades em Lages, Tubarão, Criciúma, Joinville e estamos concluindo a de Chapecó”, disse Colombo, em referência ao trabalho realizado pela Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania.

"Temos um déficit de seis mil vagas no Estado, além de mais de 10 mil mandados de prisão expedidos. Poderíamos sim construir presídios e mais presídios, mas sem o foco na ressocialização. Por isso, buscamos a reintegração dessas pessoas na sociedade", explicou a secretária de Justiça e Cidadania, Ada Faraco de Luca. A secretária afirma que a proposta é tornar esse complexo um modelo para as outras unidades do Estado, com a realização de capacitação profissional para que o detento tenha condições de retornar ao convívio social, produzindo por meio de seu trabalho.

Penitenciária feminina
Reivindicação antiga da região, que tem um déficit de vagas para detentas, o Vale recebeu outra boa notícia na inauguração da penitenciária. O diretor do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), Augusto Rossini, informou que o projeto para a construção da penitenciária feminina de Itajaí já foi autorizado. “O governo e toda a sua equipe tem trabalhado arduamente para conseguir os investimentos federais nestes empreendimentos. Dos seis projetos apresentados pelo Estado, três já foram pré-aprovados.”

A penitenciária feminina de Itajaí terá capacidade para 290 presas em um investimento de R$ 8,7 milhões do Governo Federal e cerca de R$ 4 milhões do Governo do Estado. “O projeto já está aprovado no Depen, faltam apenas os trâmites legais”, disse Rossini. Os outros dois projetos aprovados no Programa Nacional de Apoio ao Sistema Prisional são a cadeia feminina de Joinville e o presídio feminino de Chapecó.


JORNAL IMPRESSO
18/06/2021
11/06/2021
04/06/2021
28/05/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS