sexta, 27 de novembro de 2020
GERAL
07/07/2020 | 13:14

Solenidade virtual com a participação do governador marca abertura oficial da Feira do Mel

Comprar mel com a qualidade reconhecida de Santa Catarina sem sair de casa é uma novidade da edição 2020 da Feira Catarinense do Mel. Promovida tradicionalmente em Florianópolis, este ano, por causa da pandemia, a feira é virtual. A abertura oficial do evento ocorreu na tarde desta segunda-feira, 6, por uma webconferência com a participação do governador Carlos Moisés e da primeira-dama do Estado, Késia Martins da Silva.

>>> Para participar da feira acesse aqui

Carlos Moisés destacou a importância do trabalho dos produtores nas mais diversas atividades da cadeia produtiva e disse que o Estado será parceiro na promoção de políticas públicas que desenvolvam o setor com ainda mais qualidade e a valorização do produtor.

?É também o momento de parabenizar e reconhecer tudo o que se conquistou até aqui. Um trabalho que já chegou a várias partes do mundo e que é único pela qualidade e pelo sabor. Quanto maior for a sinergia da cadeia produtiva, com o manejo adequado, a valorização de quem produz, melhores serão os resultados, com a geração de renda e oportunidades para mais famílias?, frisou o governador.

A presidente da Epagri, Edilene Steinwandter, também afirmou que Santa Catarina produz um dos melhores méis do mundo, fruto de esforço dos produtores e da assistência técnica voltada a boas práticas para aumentar a produtividade e a qualidade dos produtos. Segundo a presidente, dos cerca de 9 mil apicultores no Estado, pelo menos seis mil são atendidos pela empresa do governo do estado.

?Somente em 2019, a Epagri prestou mais de 15 mil atendimentos aos produtores catarinenses de mel. Buscamos sempre a melhor orientação, as melhores técnicas, pensando na alta produtividade e na aproximação entre o produtor e o consumidor com qualidade de excelência?, salientou.

Segundo a Epagri, em Santa Catarina são produzidos mais de 100 tipos de mel, cada um com um padrão de cor, aroma, sabor e consistência. Dentre eles, o mel de melato da bracatinga, por exemplo, que é considerado um dos melhores do mundo.

Da mesma forma, os demais apoiadores da feira, o presidente da Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores de SC, Ivanir Cella e o diretor do Sebrae, Anacleto Ortigara, apontaram para a necessidade de vencer desafios acerca da valorização comercial ao produtor e da consolidação de Santa Catarina como um dos estados que produz e fornece os melhores produtos à base de mel no Brasil e no mundo.

?O momento que estamos vivendo é o contexto próprio para isso. Temos produto de qualidade e agora precisamos que a união e a inteligência superem as dificuldades para elevar o patamar de Santa Catarina no ranking de produção. Faremos isso juntos, apresentando ao mundo um produto de excelência, bom e seguro para quem consome?, acrescentou Ortigara.

Ao parabenizar o trabalho dos produtores catarinenses, o secretário de Estado de Agricultura e Pesca, Ricardo de Gouvêa, desejou sucesso à feira e reforçou o compromisso do Estado em torno das melhorias envolvendo a cadeia produtiva do mel. ?A presença física faz falta, mas esta edição virtual trará ao produtor catarinense a oportunidade de expandir as vendas para todo o Brasil. Desejo sucesso a todos os participantes?, finalizou o secretário.

Oportunidade

Representando os produtores catarinenses, Joel de Souza Rosa, participou - da cidade de São Joaquim - da solenidade virtual de abertura da Feira do Mel. O produtor da região serrana do estado avalia como positiva a novidade e relatou que já registra aumento na procura dos produtos, com pedidos de vários estados do Brasil. ?Em tempos de pandemia, a feira virou nacional e trouxe novas oportunidades?, afirmou.

Também participaram da webconferência de abertura oficial da Feira do Mel, os deputados, Altair Silva, Darci de Matos e Pe. Pedro Baldissera. A presidente da Cidasc, Luciane Surdi e o chefe da Divisão de Estudos Apícolas da Epagri, Rodrigo Cunha.

Produtos da feira podem ser adquirido pela internet

Os apreciadores de mel e produtos derivados podem ficar tranquilos que será possível acessar as opções da Feira do Mel. A diferença é que este ano, em vez de visitar os estandes da feira, os produtos poderão ser adquiridos pela internet.

Para comprar, basta acessar o site www.faasc.com.br/feiradomel. Ao selecionar a cidade onde você mora, serão apresentados os produtos à disposição e o contato do produtor que poderá realizar a entrega. Ao todo, serão 30 feirantes, de diferentes regiões, comercializando seus produtos de maneira virtual.

Promovida pela Epagri, Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores de Santa Catarina (Faasc) e Sebrae, a feira que começou no dia 1º de julho vai até o dia 31 de julho e também oferece cursos para realização on-line.

Compartilhar
JORNAL