terça, 29 de setembro de 2020
27/03/2020 - 16:55

Porto de Itajaí registra crescimento de 22% na movimentação de contêineres no mês de fevereiro

Primeiro bimestre de 2020 encerra com números positivos para a movimentação do Complexo Portuário de Itajaí.

O Relatório de Estatísticas de fevereiro de 2020, divulgado pela Superintendência do Porto de Itajaí, aponta crescimento de 22% na movimentação de contêineres nos recintos do berço público e da APM Terminals. Foram movimentados 44.188 TEUs (unidade correspondente a um contêiner de 20 pés), contra 36.147TEU?s no mesmo período do ano anterior.

A tonelagem movimentada apresentou crescimento de 20% no comparativo a fevereiro de 2019. Foram 500.108 toneladas contra 415.604 toneladas no ano anterior.

Em relação ao Complexo Portuário de Itajaí, foram movimentados 107.130 TEU?s com 1.178.463 toneladas. Os números indicam um crescimento de 16% na quantidade de TEUs e 10% na tonelagem movimentada em fevereiro de 2020 no comparativo a fevereiro de 2019.

O fechamento do mês de fevereiro mantém os números positivos registrados em janeiro de 2020, e encerra o primeiro bimestre desse ano com crescimento na movimentação portuária do complexo de Itajaí.

?A movimentação registrada nesse primeiro bimestre foi muito expressiva, porque geralmente no início do ano temos uma retração do mercado e esse ano foi ao contrário. Podemos destacar o crescimento de 23% na movimentação de cargas conteinerizadas nos berços públicos (cais público e APM Terminals), ou seja, um número bem significativo que vínhamos mantendo em janeiro e fevereiro, não apenas no cais público, mas no complexo como um todo. Essa projeção, apesar do impacto gerado pelo Novo Coronavírus, é ainda positiva para o mês de março, quando devemos encerrar o trimestre com crescimento. E independente do volume que vamos movimentar a nossa missão é manter o porto operando para que possamos atender a todas as empresas que sejam envolvidas com a atividade portuária, de logística e de comércio exterior, para que elas possam gradativamente retomar o seu nível de movimentação?, destaca Heder Cassiano Moritz, Diretor Geral de Operações e Logística da Superintendência do Porto de Itajaí.

Em todo o complexo foi registrado a movimentação de 2.181.738 toneladas, crescimento de 10% em relação aos dois primeiros meses de 2019, que registraram um acumulado de 2.072.306 toneladas.

O terminal Portonave movimentou 1.335.096 toneladas no acumulado de 2020, crescimento de 5% em relação ao mesmo período de 2019. Em relação as cargas conteinerizadas, foi registrada movimentação de 625.295 toneladas e 62.942 TEUs no mês de fevereiro, elevando o acumulado do ano para 122.866 TEU?s com 1.266.016 toneladas.

A atracação de embarcações também registrou um aumento positivo nesse período. No mês de fevereiro atracaram no Complexo Portuário de Itajaí 85 embarcações, sendo 41 nos berços públicos e na APM Terminals e 44 nos Terminais de Uso Privado (TUPs). Mais especificamente: 40 no Portonave, dois no Teporti, um no Polly Terminais e um na Barra do Rio. O terminal Braskarne não registrou escalas em fevereiro. O mês de fevereiro do ano anterior registrou 80 embarcações atracadas em todo o complexo.

A participação do Porto de Itajaí na corrente de comércio catarinense é de 59,5% e na corrente de comércio brasileira é de 3,9%. As exportações representam 61% no sentido das cargas movimentadas em toneladas e as importações 39%.

Os principais produtos exportados foram carnes, frango e mecânicos e eletrônicos, com destaque para o segmento de papel e derivados com crescimento de 178,5%. No que se refere as importações, as principais mercadorias são: mecânicos e eletrônicos, plásticos e borrachas e têxteis e diversos.

O maior calado de entrada no cais público e APM Terminals foi de 11,7m e de saída 12,3m. No terminal Portonave, o maior calado de entrada e saída foi de 12,1m.

A movimentação desse primeiro bimestre teve ainda o incremento dos navios de cruzeiro.

?Em fevereiro tivemos praticamente o fechamento da temporada de cruzeiros quando a gente realizou 14 escalas com a movimentação de 27.216 passageiros. Especificamente aqui em Itajaí embarcaram 13.997 passageiros e desembarcaram 13.286 passageiros. Foi uma operação considerada totalmente exitosa, ou seja, coroada de êxitos e embora não seja movimentação de cargas, trouxe para o Complexo Portuário de Itajaí um segmento importante que é o turismo?, ressalta Heder.

Desde que declarou situação de emergência em saúde pública, o Município de Itajaí vem estabelecendo medidas de prevenção, controle e contenção de riscos à saúde pública em razão da pandemia do Novo Coronavírus (COVID-19). Por determinação expressa do Governo Federal, O Porto de Itajaí, assim como o Complexo Portuário num todo, vem mantendo suas atividades em funcionamento:

?As economias de Itajaí, do Estado de Santa Catarina, do país e do exterior, também passam pelo porto de Itajaí, e com todos os cuidados necessários, suas operações sustentam o envio e o recebimento de mercadorias. Sabemos de todo o enfrentamento que estamos passando, seja aqui em Itajaí, no Brasil ou mundo afora, sabemos que os impactos de qualquer ordem desta pandemia serão apresentados amplamente em breve, por isso, é muito importante manter-se a atividade portuária neste momento, pois assim garantirá um dos maiores pilares de nossa economia e de outros portos públicos?, enfatizou o Prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni.

Para o EngºMarcelo Werner Salles, Superintendente do Porto de Itajaí, o crescimento apresentado pelo complexo nesse mês de fevereiro demonstra a recuperação da indústria, principalmente, da agroindústria de congelados com índices extremamente favoráveis:

?No mês de fevereiro, que ainda estávamos sobre essa pujança, os dados são também bastante relevantes. Aferindo os dados estatísticos, visualizamos índices muito expressivos que demonstravam ser um ano excepcional a nível de atividade econômica. Mas infelizmente, no mês de março o Brasil foi acometido por essa situação do vírus, e o isolamento social criado para combater a disseminação da Covid-19 impactou significativamente a linha de produção. Eu acredito que em março ainda afira crescimento, e que devemos fechar o trimestre, tanto no porto público quanto no complexo, positivamente, claro que não mais em índices tão expressivos. Para abril projeta-se um decréscimo de movimentação, dado a esse fechamento da indústria, que é o nosso produto básico. Mas o porto não pode parar, porque temos essa missão de manter o abastecimento, distribuição e logística das mercadorias, para que essa pandemia não venha impactar tão negativamente na nossa atividade, em nossas vidas e na nossa economia, e eu espero que no segundo semestre de 2020 a gente possa recuperar as perdas que por ventura venhamos nesses meses de isolamento?, conclui Salles.

Obs: O relatório completo de estatísticas referente ao mês de fevereiro de 2020 pode ser conferido no link abaixo:

http://www.portoitajai.com.br/novo/estatisticas/213/Estat%C3%ADstica%20de%20Fevereiro%20de%202020

 

 

anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros