sexta, 06 de dezembro de 2019
18/07/2019 - 11:22

Governo federal ressalta gratuidade de serviços oferecidos pelo Plano Progredir

Os inscritos no Cadastro Único não têm qualquer despesa com cursos de qualificação profissional, criação de currículo, vagas de emprego e microcrédito

O Plano Progredir, conjunto de ações do governo federal para gerar emprego e renda, além de promover a autonomia das pessoas inscritas no Cadastro Único, é totalmente gratuito. Os serviços de cursos qualificação profissional, criação de currículo, vagas de emprego e microcrédito não geram nenhuma despesa para o beneficiário.

O diretor de Inclusão Produtiva da Secretaria Nacional de Inclusão Social e Produtiva Urbana, do Ministério da Cidadania, Gustavo Saldanha, ressalta que nenhum serviço oferecido pelo programa gera custo à população. ?Todos os serviços disponibilizados dentro das plataformas do Progredir são gratuitos. O usuário, ao acessar qualquer tipo de serviço oferecido, não será cobrado por absolutamente nada, nenhum tipo de taxa, mensalidade ou recurso. É tudo gratuito?, destacou.

Quem receber alguma cobrança por serviços ligados ao Plano Progredir deve avisar as autoridades. A orientação do Ministério da Cidadania é de que o usuário procure o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do município. Outra opção é entrar em contato com a central de relacionamento do ministério, pelo telefone 121.

Sexta, 06 de dezembro de 2019
PM prende homem por furto em BC
Sexta, 06 de dezembro de 2019
Vagas de empregos no SINE Itajaí
Quinta, 05 de dezembro de 2019
Novo presidente
Quinta, 05 de dezembro de 2019
Orçamento
Quinta, 05 de dezembro de 2019
Previdência, só em 2020
Quinta, 05 de dezembro de 2019
PM prende homem por tráfico de drogas em BC
Quinta, 05 de dezembro de 2019
PM prende homem por tráfico de drogas em BC
Quarta, 04 de dezembro de 2019
Resultado ou pizza?
Quarta, 04 de dezembro de 2019
Ex-prefeito volta à prisão
Quarta, 04 de dezembro de 2019
Sonho de Paulinha
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros