quarta, 13 de novembro de 2019
24/06/2019 - 16:49

BC: Programa oferece saúde bucal para bebês

Para entrar no programa Odonto Baby, basta levar o cartão SUS da criança no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), localizado na rua Ceará, esquina com a rua Pernambuco. Na última sexta-feira de cada mês. Os pais e/ou responsáveis participam de uma reunião com a cirurgiã dentista Zuleide Pezzini Kühr, responsável pelo programa, para a entrada das novas crianças no programa, que devem ter de zero a dois anos e meio. No dia da reunião, a primeira consulta já é agendada.

Através das consultas são feitas orientações sobre a alimentação e higiene bucal. ?Cada criança tem sua história, sua realidade, trabalhamos de maneira personalizada para termos bons resultados?, diz Zuleide.

O Programa Odonto Baby é uma parceria dos pais com os dentistas, é fundamental que os ensinamentos passados para as crianças sejam praticados em casa. ?Meus filhos graças ao programa e as orientações seguidas, não sabem o que é uma dor de dente e isso pra mim é um motivo de grande satisfação como mãe?, acrescenta Juliana.

Ao todo, 2.763 crianças já passaram pelo programa. São atendidas 225 crianças por mês, sendo 9 consultas realizadas por dia. Muitas dessas crianças têm o incentivo dos pais que já conhecem os serviços do Odonto Baby.

Sobre o Odonto Baby

O programa Odonto Baby visa manter e promover a saúde bucal do bebê desde o seu nascimento. Até os seis anos de idade, a criança é acompanhada em consultas agendadas de três em três meses para que as crianças sejam zero cárie e não tenham problemas com oclusão (mordida aberta)

Passado os seis anos, a criança começa a participar do Odonto Teen, até os 12 anos. Se o paciente continuar com alguma cárie e precise de tratamento, ele é encaminhado para a clínica de odontopediatria. Quem passa pelo Odonto Teen, ganha um kit de ?despedida?, que conta com uma escova infantil e uma pasta, além de sair com vários conhecimentos sobre a saúde bucal.

?É um grande privilégio ter essa oportunidade de participar deste programa, porque sem essas orientações, com certeza algo daria errado. As pessoas precisam ser educadas a buscar o preventivo, para futuramente não precisar do curativo?, diz a mãe, Juliana Célia Stoll Bittencourt.

Terça, 12 de novembro de 2019
Ressorteio no Detran-SC
Terça, 12 de novembro de 2019
Segunda Instância
Terça, 12 de novembro de 2019
Dois lados
Terça, 12 de novembro de 2019
Presidente da Alesc
Segunda, 11 de novembro de 2019
Royalties do petróleo
Segunda, 11 de novembro de 2019
Bruno no Novo
Segunda, 11 de novembro de 2019
Novo nome em Lages para prefeitura
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros