quarta, 18 de setembro de 2019
24/05/2019 - 11:34
Imagem meramente ilustrativa

A Campanha de Castração e Microchipagem será transferida para o bairro Cordeiros, em Itajaí

A partir do mês de junho os animais serão atendidos no loteamento Jardim Esperança
Depois inúmeros debates, alinhamentos e análises, oficialmente a Campanha de Castração e Microchipagem de Itajaí migrará para a localidade Jardim Esperança, que pertence ao bairro Cordeiros, a partir do início do mês de junho. 
 
Assim como as duas últimas etapas da Campanha de Castração e Microchipagem, este novo momento será um novo momento, com novos desafios e muitos animais e famílias beneficiadas. Segundo a Coordenadora da Unidade de Saúde Jardim Esperança, Gleice de Oliveira, a estimativa é que sejam cerca de 2.000 animais na região que poderão ser beneficiados com o projeto. 
 
Graças ao sucesso da campanha, pioneira em castrações itinerantes e sociais em Itajaí, outro bairro será beneficiado e, a comunidade local poderá contar com os procedimentos gratuitos, a partir do prévio agendamento junto à Unidade de Saúde Jardim Esperança. 
 
?É gratificante poder ajudar uma família a castrar seus animais de estimação, sem qualquer custo. Melhor ainda, é poder ver animais de rua sendo castrados e comunitariamente adotados. Quem ganha com isso? A comunidade exclusivamente, que com esse pequeno gesto de castrar, proporciona, além do cuidado com a saúde do animal, ajuda a reduzir o volume populacional de animais de rua, que tanto assusta. Mas é preciso começar... Sem o primeiro passo, nada seria possível?, relata a Vereadora Renata Narcizo. 
 
Como aconteceu nas últimas 2 etapas, foi realizada uma reunião com a comunidade a fim de esclarecer possíveis dúvidas e desmistificar a castração. O encontro aconteceu na última quarta-feira (22), na Escola Básica Melvin Jones e, no dia seguinte (23), quinta-feira, alinhou os últimos detalhes com a Secretaria de Saúde, Instituto Cidade Sustentável, Diretoria de Vigilância Epidemiológica, Médicos Veterinários da UAPA (Unidade de Atendimento Provisório de Animais) e representantes do Gabinete do prefeito, Volnei Morastoni. 
 
O projeto iniciará com realizações de castrações em 2 dias da semana (terças e quintas), castrando cerca de 20 animais por semana. 
 
Operando da mesma maneira que as demais etapas, os animais serão levados até a UAPA, por um carro do Instituto Cidade Sustentável, e retornam no final da tarde do mesmo dia. Serão entregues aos tutores em local e horário definido pelas agentes de saúde e equipes envolvidas no traslado dos animais. Além de certificado de castração, chipagem e orientações pós operatório, os tutores ainda devem receber os medicamentos a serem administrados após as castração. 
 
Vale relembrar que a Campanha é direcionada para atender animais domésticos de cidadãos de baixa renda e animais de rua, buscando inclusive implementar a conscientização do cão comunitário, agindo desta forma diretamente no controle populacional de animais. 
Terça, 17 de setembro de 2019
PM prende homem por furto a residência em BC
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros